3 dicas para planejar o fluxo de caixa da empresa

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Fluxo de caixa é o nome dado ao registro de todo o dinheiro que entra e sai da sua empresa. E, para que sua conta não fique no vermelho, é preciso que se faça um cuidadoso planejamento de todas as suas contas a pagar e a receber. Leia aqui algumas dicas que podem ajudar nesse processo:

1) Por onde circula o dinheiro da empresa?

– Comece fazendo uma lista das contas bancárias que estejam em nome na empresa. Talvez você receba de um cliente em uma determinada conta corrente, pague fornecedores de uma outra conta, e mantenha uma sobra de caixa numa aplicação financeira em um terceiro banco. Certifique-se que todas as contas estejam corretamente identificadas, para que não sobre em uma o dinheiro que falta em outra. Acompanhe o saldo em cada uma delas dia a dia.

2) Classifique suas receitas e despesas

– Despesas com funcionários, gastos com matérias-primas, pagamentos de impostos, receita de pagamentos à vista e a prazo. Se você mantiver uma classificação de cada uma das receitas e despesas, você vai ser capaz de gerar relatórios com informações que podem te ajudar a verificar onde é possível economizar e onde é possível aumentar o faturamento.

3) Escolha o instrumento adequado

– É possível manter o controle do caixa em arquivos de papel – o famoso “livro caixa” ou por meios eletrônicos. Cada modelo tem suas vantagens e desvantagens: o papel pode ser mais barato, mas também pode ser menos confiável. Todo computador hoje em dia já vem equipado com programas de planilhas eletrônicas que podem servir para gerenciar o fluxo de caixa, mas seu uso pode ser complicado para quem não está familiarizado com seu funcionamento. Aplicativos específicos para a gestão empresarial podem exigir algum investimento inicial, mas costumam ser mais fáceis de usar. Pense bem e opte por uma dessas opções.

Completados esses três simples passos, você estará preparado para cuidar da gestão e do planejamento do fluxo de caixa da sua empresa.

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn