4 dicas para definir metas financeiras para 2015

O mercado dos negócios está cada vez mais competitivo e por isso as empresas precisam cada vez mais ter amplo controle sobre sua contabilidade e suas finanças. Com um ano se acabando, as previsões para o próximo vêm com tudo, e definir metas precisas é fundamental para crescer com consciência e sem desperdícios. Quando falamos de startups ou PMEs, então, que ainda não têm uma posição consolidada no mercado, essa questão é ainda mais relevante. Acompanhar o andamento e estar de olho nos indicadores é fundamental para evitar dar um passo maior que as pernas. Confira algumas dicas para definir estas metas para o próximo ano no texto a seguir:

Seja realista

É preciso saber dosar na hora de determinar suas metas financeiras. O que adianta você fazer todo um planejamento baseado em metas irreais que possivelmente você não vai alcançar? Não é mais lógico buscar um objetivo que esteja ao seu alcance e então preparar seu empreendimento adequadamente para isso? Chegar aonde se deseja leva tempo e demanda esforço, e você precisa levar isso em conta ao fixar suas metas financeiras. O segredo é saber fixar metas atingíveis, com valores reais e a preparação adequada para seu crescimento ser coerente e bem fundamentado.

Conheça sua empresa

É preciso ter um balanço contábil extremamente preciso, de preferência feito por um profissional de contabilidade. É comum que os donos das empresas achem que conseguem fazer essa matemática, mas o fato é que o conhecimento de um contador vai muito além do que um reles mortal possui. Isso permite que ele trace e pense estratégias financeiras levando em conta coisas como, por exemplo, um planejamento tributário mais enxuto. Esse profissional também poderá fazer parte da definição de preços, do novo planejamento de margens de lucros, participar dos processos de compra e fazer a reanálise de dívidas e ativos.

Tenha clareza dos seus ativos

É impressionante, mas empresas costumam confundir muito seus ativos e capital de giro, dando aos seus acionistas uma noção irreal do que realmente está acontecendo. Quando se trata de startups, então, a questão é ainda mais delicada, pois muitos estão começando a empreender há pouco tempo e não têm experiência no meio. Como fazer um planejamento financeiro e traçar metas precisas assim? Primeiramente é preciso ter um controle rígido das movimentações financeiras, o que pode ser amplamente facilitado com um software de gestão, como você pode ver no próximo tópico!

Adote um software de gestão

Ele vai gerir prazos de pagamentos, entrada e saída de dinheiro, pagamentos de funcionários, tributações ocultas e gerar relatórios para deixá-lo a par disso tudo. A economia que você vai fazer é tremenda e perder prazos de pagamento não será mais possível para você e sua empresa. É uma ferramenta que pode contribuir significativamente para deixar suas metas e planejamento financeiro muito mais precisos para o ano que está por vir.

Com esses hábitos, suas metas para o ano de 2015 poderão ser muito mais realistas e seu planejamento mais adequado. É preciso ter o máximo de conhecimento da sua empresa para que você consiga crescer sem perder em qualidade ou competência do que se propõe a fazer.

E você? Já aplica alguma dessas dicas em seu dia a dia? Deixe um comentário e participe da conversa!

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe um comentário