4 erros comuns na gestão financeira que você precisa evitar

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Administrar uma empresa própria não é uma tarefa simples, especialmente em tempos de alta concorrência e público exigente. Ter precisão nas suas movimentações econômicas e um bom controle dos seus lucros, das suas despesas e do seu patrimônio são mais que fundamentais. Ainda assim diversos empresários cometem falhas banais na hora de administrar as finanças de suas empresas.

Descubra 4 erros comuns na gestão financeira e saiba como evitá-los para chegar ao tão esperado sucesso.

1. Não separar as contas pessoais das contas da empresa

Esse erro é comum especialmente nas pequenas empresas. Volta e meia os sócios acabam caindo na tentação de não separar adequadamente suas contas pessoais das do empreendimento, o que gera muita confusão nos balanços e nos pagamentos. Essa mistura é extremamente prejudicial e deve ser evitada a todo custo. Para garantir que a gestão seja precisa na área econômica e não distorça os custos fixos do negócio, a contabilidade precisa ser completamente separada!

2. Não registrar o fluxo de caixa

O registro do fluxo de caixa é essencial para a boa gestão financeira de qualquer empresa e isso vai muito além de simplesmente acompanhar o extrato do banco ou ficar atualizando planilhas com despesas e receitas que já ocorreram. Além de verificar o passado, essa métrica ajuda a planejar o futuro. É preciso estipular as contas e gastos que acontecerão, deixar despesas bem registradas e de fácil visualização, para que não haja nenhum tipo de esquecimento ou atraso que pode gerar multas e minar suas economias. O mesmo vale para a previsão de recebimentos e crescimento, pois é a soma de todos esses dados que permite reorganizar o fluxo, antecipar receitas e fazer investimentos, algo indispensável para o empreendimento se desenvolver.

Administre suas finanças da melhor forma! Teste grátis nossas soluções.


3. Não possuir um software de gestão

Um sistema de gestão financeira vai fazer maravilhas pelo seu negócio (e não falamos isso pelo fato de sermos uma empresa de software). Este tipo de ferramenta não só facilita os processos como permite que você consulte cada operação realizada. Conhecer esses dados é primordial e ajuda na visão estratégica do seu empreendimento, aumentando a percepção de erros e acertos. É algo com um excepcional custo benefício e que facilita demais a administração da sua empresa!

4. Não saber ao certo o custo dos produtos

Isso pode parecer um erro que ninguém cometeria, mas a verdade é que muitas empresas não consideram ao certo todas as variáveis que levam ao custo final de aquisição que um produto possui. Calcular esse valor é mais difícil do que parece, pois existe um grande número de fatores internos e externos que devem ser levados em conta: logística, impostos, retorno, defeitos, despesas de estoque, entre outros. Portanto, fique de olho: não ter a ciência exata dos custos relacionados aos seus produtos pode desequilibrar suas finanças e dar vantagem ao concorrente!

No geral, esses são os erros mais comuns na gestão financeira de empresas . Evitá-los já é um excelente passo para que seu negócio tenha bons resultados. Fique mais atento a essa área e perceba como isso evita desperdícios e deixa sua conta muito mais recheada ao final do mês.

Ainda tem dúvidas? Deixe um comentário!

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

18 comentários em “4 erros comuns na gestão financeira que você precisa evitar

    1. Que ótimo Adriano! Muita gente comete esse erro sem nem perceber e não sabe o quanto isso pode prejudicar os negócios. Esperamos que o post ajude a abrir os olhos de quem ainda o comete. 😉

  1. Gostei dos comentários, infelizmente muitos pequenos empresários não adotam critérios .Teria alguma sugestões para reforçar para aplicar aos pequenos empresários?

    1. Oi Naoshi, que bom que gostou! Nossas dicas são justamente para os pequenos empresários. Profissionalizar a gestão não é privilégio das grandes empresas e algumas atitudes simples podem ajudar. Tem um monte de ferramentas gratuitas que podem ajudar a otimizar processos de comunicação, finanças etc. Organização, controle e análise dos resultados são super importantes para qualquer negócio.
      O controle financeiro, por exemplo … mesmo que seja em uma planilha de Excel, é possível verificar quais são os maiores gastos da empresa e ver onde é possível cortar gastos a fim de investir em áreas que podem trazer um retorno maior. Economizar papel e copos plásticos pode parecer besteira, mas quem sabe faça diferença no final do mês.
      Continue acompanhando nosso blog, para mais dicas de gestão PMEs e, se tiver sugestões de temas que gostaria de saber mais, fique à vontade para nos enviar!

    2. Ninguém tem dúvidas quanto a eficiência de sistema para controle de gestão, o problema é que os custos não são compatíveis com a capacidade de pagamento.
      Já tive oportunidade de receber para ouvir propostas de diversas empresas de gestão. O que ocorre é que todos não condicionam seus recebimentos com os resultados prometidos, ou seja temos que gastar muito para ver o resultado a longo prazo e no meio do caminho surgem dificuldades, pronto. fim de processo, até uma outra oportunidade.

      1. Oi Valdir! Hoje em dia existem muitas soluções que têm um bom custo benefício para empresas de todos os portes, vale dar uma pesquisada a mais. 🙂 É importante tem em mente também que, às vezes, vale fazer um investimento pensando em resultados futuros.

  2. Sempre comprei terrenos e casas de valor menor e num prazo de cinco anos os vendia. Só assim fui formando uma reserva financeira que resultou em dois Flats em área nobre. Não existe milagre de investir hoje e amanhã obter resultado. É preciso ter paciência e investir naquilo que se tem habilidade e conhecimento.

  3. TENHO UM PROBLEMA SÉRIO NA MINHA EMPRESA, ESTOU PRATICAMENTE FALIDA MAIS AINDA TENTANDO LEVAR, ESTOU SEM CAPITAL, DEVENDO QUASE 1 MILHÃO E NÃO SEI COMO SAIR. SE TIVER ALGUMA SUGESTÃO ESTOU ACEITANDO. ABRAÇOS

    1. Meire, organizar as finanças é sempre uma boa ideia. Apesar de dar trabalho no começo, registrar todas as entradas e saídas de recursos financeiros vai te ajudar a ter uma visão de onde pode economizar para estabilizar a situação. O processo leva tempo, mas certamente trará resultados positivos para o seu negócio.

  4. Tenho uma razoável experiência na área financeira e estou iniciando um trabalho autônomo de assessoria financeira para o público PME. Adquiri o JFinanças Corporativo para me auxiliar nesse trabalho. Vou iniciar o treinamento com o software e já tenho cliente para trabalhar. O que vocês da Sage me aconselharia? Obrigado, Jorge

Deixe uma resposta