4 maneiras simples de investir na sua equipe

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

É comum escutar funcionários reclamando da empresa onde trabalham. Com o tempo, pequenas observações costumam se transformar em grandes problemas de insatisfação e, consequentemente, de rendimento no trabalho. Sabemos que quando trabalhadores se enxergam como parceiros, o nível de engajamento se eleva e os resultados são atingidos com mais facilidade.

No entanto, nem sempre é fácil manter uma equipe unida e engajada. Muitas vezes, os líderes se envolvem excessivamente nas demandas do dia a dia, sem se darem conta de que algumas atitudes são importantes. Já está provado que investir no bem-estar e na qualificação dos funcionários aumenta a produtividade e a lucratividade das empresas. Mas qual a melhor maneira de fazer isso?

Retenha talentos

O mercado é competitivo e não é fácil encontrar um colaborador com o perfil para aquela vaga aberta na sua empresa. A qualificação é importante, mas nem sempre é o suficiente. O trabalhador precisa se ambientar à nova equipe, além de entender o funcionamento da empresa, atuando de acordo com os valores da corporação. Por isso, quando encontra um profissional com esse perfil, a empresa deve investir em mantê-lo na equipe. É o que se chama de retenção de talentos.

O líder deve procurar identificar os pontos fortes dessa pessoa, para incentivá-los, assim como os pontos fracos, com o objetivo de oferecer condições para melhorias. Feedbacks periódicos podem ser uma maneira de estar sempre em contato para entender quais os anseios profissionais desse colaborador.

Ofereça respostas

Não basta procurar saber quais os objetivos profissionais e as sugestões dos integrantes da equipe. A empresa precisa dar respostas. Por exemplo, se um grupo de funcionários está apontando determinadas questões para serem avaliadas, é o momento de rever o que está acontecendo e informar aos colaboradores quais os resultados dessa avaliação. Se for o caso, comunicá-los sobre quais mudanças foram definidas a partir das observações deles.

Invista na qualificação

Oferecer cursos de reciclagem e qualificação é algo fundamental. No entanto, é preciso ter cuidado para não defender esse discurso no ambiente de trabalho, mas não colocá-lo em prática. Não há nada mais frustrante para um colaborador que esperar certas ações da empresa e não obter retorno algum.

Isso não significa que tudo que for pedido deve ser custeado pela corporação. O mais importante, é que fiquem claras para o funcionário, quais as condições para a realização de cursos, treinamentos e participações em eventos, bancados pela empresa. Além disso, nem sempre é preciso esperar que o trabalhador peça. O próprio líder pode identificar essa demanda na equipe e sugerir a participação de algumas pessoas nesse tipo de investimento.

Tenha um ambiente saudável

Investir em um ambiente de trabalho saudável, seguro e confortável também influencia diretamente no engajamento da equipe. O respeito entre os colegas deve ser incentivado e praticado em todos os níveis hierárquicos.

Pequenas atitudes podem fazer a diferença, como disponibilizar frutas ou lanches naturais para o horário do intervalo e incentivar a prática de ginástica laboral. Além disso, vale orientar as pessoas a aderirem a hábitos saudáveis. A empresa só tem a ganhar quando a saúde dos colaboradores está em dia.

Essas são maneiras simples de investir na sua equipe para otimizar o trabalho e os resultados. Além de manter um ambiente agradável, a empresa vai conquistar profissionais engajados e conseguir atingir o tão esperado comportamento “vestir a camisa da empresa”.

E na sua empresa, o que você faz para investir em sua equipe? Deixe um comentário!

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta