4 passos para administrar as finanças da sua empresa

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Quando o assunto é finanças, um dos principais problemas das pequenas empresas é o planejamento financeiro – ou a falta dele. Muitos empresários desconhecem a forma de administrar adequadamente os recursos financeiros e acabam sem opção quando surge um imprevisto ou crise.

Ter uma estratégia de gestão para o seu negócio é importante principalmente em momentos de recessão, por isso é essencial que você saiba como manter a saúde financeira do seu negócio. Isso não significa que a sua empresa vai fechar do dia para a noite se encontrar uma dificuldade. Significa que você precisa ter consciência de que problemas podem surgir e tem que estar preparado para solucioná-los. Veja no post de hoje quatro passos para administrar as finanças da sua pequena empresa com sucesso:

 1. Conheça o mercado

Para um bom planejamento financeiro é necessário saber onde o sapato aperta. Uma boa maneira de ganhar mais conhecimento sobre a forma de gerir o dinheiro da empresa é analisar alguns dados sobre o setor em que a sua empresa opera. Suas atividades foram afetadas com a crise? Quais foram os piores meses? Sua indústria está entrando em recessão ou está lucrando com a crise?

2. Planeje e acompanhe o fluxo de caixa

Ter um orçamento para as receitas e despesas da sua empresa irá guiar na tomada de decisões financeiras, especialmente se você está com pouco crédito. Logo, controlar este orçamento também se faz fundamental! Registrar o fluxo de entrada e saída de recursos é a base para manter a saúde financeira e permitirá que você planeje seus pagamentos e defina como equilibrar as contas.

BANNER_controlefinanceiro_SS_648x150

3. Mantenha um calendário

Cumpra o prazo estabelecido para atender aos compromissos financeiros da empresa, tais como cartões de crédito ou empréstimos bancários. Isso vai te ajudar a fugir das dívidas e economizar um pouco de dinheiro para o caso de algum problema inesperado. O ideal é ter, pelo menos, o equivalente a três meses de despesas operacionais como reserva financeira.

4. Olhe para outras opções

O financiamento mais barato é o interno. Ou seja, uma empresa deve gerar lucros e reinvestir no seu crescimento. Uma opção para cobrir suas obrigações de pagamento ou uma saída de emergência é manter uma linha aberta com um banco para um possível empréstimo, mas isso deve ser solicitado apenas quando a sua empresa verificar que não vai poder honrar as dívidas que possui. No entanto, há outras ideias que a sua empresa pode considerar para multiplicar seus recursos:

  • Se a sua empresa é de alta tecnologia, pode recorrer ao capital de risco ou a investidores;
  • Se a sua empresa possui um empréstimo ou financiamento, existe a alternativa de um refinanciamento, assegurando-se que a nova linha de crédito represente menores taxas de juros.

E então? Como você garante a boa administração das finanças da sua empresa? Conte para a gente nos comentários e não esqueça: o Sage Start pode tornar o controle financeiro muito mais simples e eficiente. Experimente grátis!

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

2 comentários em “4 passos para administrar as finanças da sua empresa

  1. Sou contadora, esta publicação mexeu com o meu ponto principal, confesso que tenho dificuldade de fazer flux de caixa de meus clientes. Achei interessante o assunto .

Deixe um comentário