5 passos para um controle financeiro incrível

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

O sucesso de qualquer negócio depende muito de uma gestão bem sucedida, principalmente no que diz respeito às finanças. Acompanhar os números e ter planejamento pensado de forma minuciosa fará toda a diferença para o crescimento da empresa e a evolução dos resultados. No caso das pequenas empresas, estas questões são ainda mais relevantes, mesmo que o faturamento ainda seja considerado baixo.

Siga 6 passos e conquiste um controle financeiro incrível para o seu negócio!

1. Entenda a importância do planejamento

Muitas empresas cometem o erro de iniciar suas atividades sem planejar a dimensão do capital de giro. Quando as contas chegam, percebem que muitos dos clientes ainda não acertaram os seus pagamentos, o que complica bastante a sobrevivência do negócio.

O gestor ter controle detalhado das finanças também permite saber quando investir de forma eficaz, pensando sempre no crescimento. Relatórios diários deixam o fluxo de caixa mais claro e facilitam novos planejamentos e previsões de recursos a serem utilizados.

2. Trabalhe com demonstrativos de resultados

Descreva o custo das mercadorias, o que foi vendido e os custos fixos e variáveis com a finalidade de verificar o lucro líquido independente de ter recebido ou pago algo. Desta forma você tem uma Margem de Contribuição medida pela diferença entre a receita integral e as despesas. Lembre-se de que não é uma mercadoria que dá lucro e, sim, a empresa. Por isso que no caso da mercadoria se tem a chamada margem de contribuição.

3. Seja rigoroso no controle das contas

Sempre fique atento ao comparativo entre as cobranças e as notas fiscais. Não se iniba em questionar aos colaboradores envolvidos qualquer tipo de não conformidade em relação a isso. Este tipo de falta de controle, pede vir a comprometer o alcance de metas por parte de um empreendimento.

4. Calcule preços de acordo com a sua realidade

O cálculo é simples: envolve as despesas fixas, variáveis e os demais custos. Caso os gastos sejam exatamente iguais aos ganhos da empresa, não existe prejuízo, mas também não existe lucro. Pode parecer óbvio isso, mas a falta de cuidados com a contabilização dos custos prejudica a realidade do lucro apresentada, portanto, todo cuidado é pouco com a precificação dos seus produtos e serviços.

A fórmula básica para que o valor do seu produto não seja definido de forma arbitrária é:

  • O Custo do serviço ou do produto +
  • A porcentagem dos custos +
  • As despesas variáveis e fixas +
  • A porcentagem desejada de lucro =
  • Valor do seu produto no mercado definido no mercado

5. Cuide bem do seu dinheiro

Planejar, controlar e medir é apenas o início do trabalho de administrar uma empresa e a controlar financeiramente. O dia 25 de cada mês é uma boa data para o encerramento do período mensal operacional. Isso lhe permite tempo para calcular e confeccionar as folhas de pagamento dos colaboradores. O que impede erros que possam fugir ao seu controle.

Os produtos que você comercializa não possuem um giro tão intenso como os gêneros alimentícios, por exemplo? Não hesite em comprar matérias primas ou adquirir no atacado a prazo, de preferência em um prazo maior do que a comercialização dos produtos em questão. A gestão de prazos também se aplica ao que é dado ao cliente. Procure não trabalhar com prazos longos demais, a ponto de lhe atrapalhar com o pagamento de fornecedores. Cuidado com a gestão de estoques. Mercadorias paradas são sinal de prejuízo. Não dê um passo maior do que as pernas do seu empreendimento neste sentido.

E você, já trabalha com estas dicas no seu dia a dia? Conhece alguma outra que possa compartilhar? Lembre sempre que um sistema de controle financeiro como o jFinanças pode ajudar você a manter as contas em dia e melhorar os resultados.

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

2 comentários em “5 passos para um controle financeiro incrível

Deixe um comentário