6 dicas para o controle de estoque em uma loja de roupas

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A boa gestão do inventário de qualquer loja é um ato de equilíbrio e de precaução: a empresa será capaz de oferecer o produto certo para seus clientes, sem ter que deixar tanto de seu capital imobilizado. Então, o que fazer para ter um ótimo controle de estoque em uma loja de roupas? Continue lendo nosso post e descubra!

Como fazer controle de estoque

1.   Tenha um software para o controle de estoque

Saber exatamente o que tem em estoque permite que você identifique quais itens merecem atenção imediata ou precisam ser repostos e também aqueles que vendem menos. Essa informação pode facilitar a criação de promoções, descontos e outras jogadas de marketing que podem aumentar as vendas e trabalhar o relacionamento com os clientes da sua loja. Ao optar por uma solução informatizada para fazer isso, vai diminuir bastante os erros humanos de lançamento e criar um controle muito mais confiável e rígido de seu acervo de peças estocadas.

2.   Realize contagens físicas de inventário

Ter um software de gestão de estoque não dispensa a necessidade de fazer uma conferência física e periódica dos itens em inventário. Cruzar isso com os dados do seu sistema informatizado será ótimo para garantir ainda mais precisão com o que está armazenado e evitar que você perca vendas.

Software de gestão Empresarial

3.   Identifique o que tem mais saída e o que sai menos

Uma das grandes vantagens em usar o conjunto de informações de seu inventário será examinar, produto por produto, o que tem mais movimento e o que apresenta um fluxo menor de consumo entre seus clientes. Isso vai ajudá-lo a perceber as roupas que precisam ter abatimentos de preço para aumentar as vendas e o que deve ser substituído mais rápido. Isso é essencial para ter capital de giro e não deixar de oferecer o que os compradores procuram em sua loja.

4.   Mantenha o local organizado

Pense no que seria mais interessante para seu negócio: você pode, por exemplo, organizar as roupas dentro do depósito por categorias como tamanho e cor a fim de acelerar a ida ao acervo (de seus funcionários) e a entrega das mercadorias aos clientes. Instrua a equipe a conservar sempre as peças dobradas e alinhadas, para que a circulação de pessoas e itens seja otimizada.

5.   Use recursos de identificação

Etiquetas eletrônicas e códigos de barras, entre outras soluções do tipo, vêm a calhar quando se pensa na velocidade de atendimento, no controle das mercadorias e também na boa experiência de compra do cliente. Esses métodos são extremamente convenientes também para impedir roubos e as perdas acidentais em seu inventário, além de possibilitar o acesso a informações em tempo real, permitindo que você tenha atualização contínua da gestão de seu estoque.

6.   Avalie as opções dos fornecedores

Explore o que seus fornecedores têm para lhe oferecer, mas não só na questão financeira e de abatimentos de preços nas matérias-primas, tecidos e demais itens do tipo. Analise também o que pode ser feito de benéfico em relação ao tempo de abastecimento e otimização dos seus processos. Coisas assim poderão facilitar bastante o controle das entradas em seu estoque e melhorar a experiência de vendas lá no final de sua cadeia produtiva.

E aí, pronto para ter um melhor controle de estoque em sua loja de roupas? Como você tem feito o controle e a análise de seu inventário? Conte um pouco das suas experiências para nós!

Se estiver precisando de uma solução para fazer o controle de estoque, vendas e finanças de forma integrada, experimente o Sage Start por 7 dias grátis!

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

5 comentários em “6 dicas para o controle de estoque em uma loja de roupas

Deixe um comentário