CAC – Custo de aquisição de clientes: 4 estratégias para otimizar o seu

Administrar uma empresa é tarefa das mais complexas, em especial quando precisamos dar um up nas vendas e na lucratividade. Para tal, devemos rever alguns índices e métricas, em especial o CAC (Custo por Aquisição de Cliente), que revela quanto, de fato, custa para os cofres da empresa conquistar um novo cliente.

O CAC pode ser calculado de maneira muito simples: basta realizar a soma de tudo o que é investido em termos de marketing, mídia, promoções e vendas em um determinado período de tempo, e dividir pelo número de novos clientes obtidos no mesmo período. Claro, esse valor deve ser sempre minimizado, e algumas táticas e dicas podem ser colocadas em prática nesse sentido. Vamos conhecer algumas?

Programa de indicação

Que tal se, ao invés de minimizar o CAC para determinado cliente, fazer com que ele chegue virtualmente a “zero custo”? Parece mágica, mas não é — e isso pode ser feito com um bom programa de indicação.

Em uma estratégia desse tipo, a empresa oferece benefícios aos clientes (já conquistados) que indicarem amigos, familiares ou conhecidos para também se tornarem clientes da empresa. Exemplos de benefícios são brindes, descontos e até mesmo prêmios de valor um pouco mais alto. Com mais clientes sendo conquistados com a mesma quantidade de investimento, o CAC geral cai consideravelmente.

Otimização de campanhas

Uma outra maneira de melhorar o CAC praticado pela empresa é otimizar as campanhas de marketing e publicidade de forma geral. Para tal, é necessário um planejamento sólido de todas as etapas da campanha — definição precisa de público-alvo, elaboração de mensagem que atinja de forma contudente esse público, dentre outras. Uma campanha otimizada traz resultados melhores com custos reduzidos, o que contribui de forma significativa para a redução do CAC.

No caso de otimização de campanhas digitais (com SEO – Search Engine Optimization e AdWords, por exemplo), é importante ficar ainda mais atento com a segmentação do público e das palavras-chave trabalhadas.

Marketing de conteúdo

Se existe uma ação estratégica de marketing com custo-benefício altamente favorável é investir em produção de conteúdo — ou marketing de conteúdo. Esse tipo de ação consiste em produzir e oferecer, de forma gratuita, conteúdo relevante para o público-alvo de sua marca, produto ou serviço. Ao acessar o conteúdo, que é de certa forma útil para sua vida, o indivíduo tem também contato com a sua marca, passando a enxergá-la de forma positiva.

Essa associação fatalmente leva o indivíduo à condição de cliente conquistado, fazendo a matemática envolvida na obtenção do CAC retornar resultados bastante favoráveis.

Testes A/B

Dentro das campanhas de marketing e publicidade existe uma série de variáveis, de diversas naturezas: cores no material impresso, horários de veiculação de campanhas, posição do botão “Compre Aqui” dentro de um e-commerce, dentre muitos outros. Testes A/B consistem em variar os atributos de cada um desses aspectos, com o intuito de definir quais opções trazem resultados melhores em termos de retorno de conversão e vendas.

Testes A/B de um determinado aspecto não se encerram necessariamente em apenas uma mudança bem-sucedida — elas devem ser aplicadas continuamente, com todos os aspectos em paralelo, no intuito de encontrar a melhor combinação. Na prática, se um botão verde dentro do site traz mais conversões que um azul, é feita a troca; caso contrário, retorna o azul. Em uma segunda rodada de testes, um botão vermelho se mostra mais eficaz e é adotado — e assim por diante.

Gestor, sua vez de compartilhar dicas e experiências na hora de otimizar o seu CAC! Comente!

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta