Café: vilão ou mocinho da sua produtividade?

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Depois de um final de semana preguiçoso ou de uma noite difícil, quem nunca recorreu à ele? O café está presente nos escritórios de todo o mundo e é visto como um grande aliado da nossa produtividade. Não é para menos… Pesquisas recentes mostram que, se consumido em doses moderadas, ele é um ótimo estimulante e traz benefícios à nossa capacidade mental e raciocínio lógico. Mas será que o café é mesmo o mocinho dessa história? Leia nosso post e saiba identificar as vantagens e desvantagens dele para o seu trabalho.

Os benefícios do café

Muitas vezes, basta uma xícara de café para você sentir maior disposição! Isso acontece porque a cafeína contida na bebida afeta positivamente os vasos sanguíneos e impulsiona nossa atividade cerebral. Estudos mostram ainda que o café aumenta a concentração e pode diminuir o mau humor. Justamente por isso o café pode ser extremamente benéfico no ambiente de trabalho: se você consumir uma xícara de café 30 minutos antes uma atividade extenuante, ganhará uma quantidade muito maior de energia para concluir – com êxito – seu trabalho. Tudo isso sem contar que até mesmo a pausa para o cafezinho pode ser produtiva. Afinal, durante aquele bate-papo descontraído com os colegas, pode surgir um ótima ideia!

Os malefícios do café

Como tudo na vida, o excesso de café pode fazer mal. Sintomas como inquietação, nervosismo, alteração do ritmo cardíaco e desconforto intestinal podem surgir em quem ultrapassa o limite. Também é importante prestar atenção na sua sensibilidade ao café. Em algumas pessoas, a bebida pode irritar a mucosa gástrica ou causar insônia, por exemplo. Gestantes e indivíduos que apresentem doenças como gastrite, hipertensão arterial, úlceras e arritmias cardíacas devem reduzir o consumo de café ou perguntar ao seu médico a respeito do consumo da bebida para o seu caso.

O café e a sua produtividade

O café traz diferentes reações para diferentes tipos de organismo. Uma pequena xícara de café pode deixar uma pessoa muito alerta e com batimentos cardíacos mais fortes, ao passo que outras podem beber uma jarra sem pestanejar. Contudo, é mais aconselhado ingerir a bebida com moderação. Vários estudos acadêmicos atuais sugerem que uma quantidade de até 200ml por dia não é nada prejudicial à saúde –­ muito pelo contrário, regula o nível de pressão sanguínea, aumenta o número de proteínas no cérebro e combate os radicais livres e vários tipos de câncer, entre outros benefícios já comentados. Ainda assim, é importante alertar que as pessoas mais sensíveis ao café podem exibir tremores, dificuldades para dormir, ansiedade e outros quadros. E para saber se o café é vilão ou mocinho da sua produtividade, fique de olho aos efeitos que ele tem em você!

E aí, você já fez uma pausa para o cafezinho hoje? Será que ele ajuda ou atrapalha sua produtividade no trabalho?

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta