Como administrar suas contas a pagar e a receber

Ficar de olho no dinheiro que entra e que sai do caixa diariamente é uma das tarefas mais básicas quando se trata da sobrevivência financeira de uma empresa. Mas é claro que falar é mais fácil do que fazer. Trata-se de uma atividade que exige atenção e coordenação de todos, e não apenas da área financeira.

Antes de mais nada, é preciso ter planejamento: em outras palavras, é preciso que se saiba, com antecedência, quais os compromissos a serem honrados em determinado período, para verificar se o faturamento previsto será suficiente para cobrir essas obrigações.

Ter em mente o fluxo de contas a pagar em certo espaço de tempo pode inclusive ajudar a determinar parte de sua política de vendas. Vale a pena permitir que seu cliente parcele seu pagamento ao longo de vários meses? Se as suas contas a pagar estiverem se acumulando, pode ser mais vantajoso oferecer um desconto maior para que ele pague à vista.

É recomendável também que todas as áreas da empresa participem desse planejamento. É claro que o responsável pela área financeira deve ter a última palavra em se tratando da gestão do contas a pagar e a receber, mas as áreas de produção e de vendas, por exemplo, serão sempre capazes de fornecer as estimativas mais precisas sobre as despesas e receitas de seus respectivos departamentos.

Em empresas de menor porte, é preciso evitar o erro de achar que a atenção com a administração financeira é algo restrito a grandes corporações. Uma maneira de facilitar o controle financeiro em micro e pequenas empresas é a utilização de softwares específicos para essas atividades, como o JFinanças.

Conheça a software financeiro da Cenize e entenda como ele pode automatizar seus processos e ajudar a sua empresa a crescer!

Leia também:  O que faz um analista de contas a pagar e receber?

 

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn