como-empreender

Como empreender sem sair do emprego e otimizar tempo

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Quem não tem vontade de ser dono do próprio negócio? Estatisticamente, hoje em dia, mais da metade dos trabalhadores já pensaram pelo menos uma vez em abrir o seu próprio negócio. Esta tendência devido a um fator cultural onde as gerações atuais têm um perfil mais independente e muito acesso à informação e soluções tecnológicas. Hoje, qualquer pessoa pode escolher um ramo de atividades, emitir um CNPJ, montar um site profissional e em teoria “começar a sua própria empresa”. O mundo atual oferece mais facilidades para quem deseja empreender. Entretanto, este também é um problema, pois significa maior competitividade, o que torna o empreendedorismo uma possibilidade bastante arriscada principalmente se essa for a sua única fonte de renda.

Essa realidade tem feito com que muitas pessoas deem passos firmes, porém mais curtos em sentido ao seu objetivo de se tornarem empreendedoras. O que isso quer dizer? Quer dizer que elas têm trabalhado em seu sonho de ter o próprio negócio paralelamente enquanto mantém um emprego comum. Assim diminuindo consideravelmente o risco de perderem tempo e dinheiro. Mas essa não é uma tarefa para qualquer um, se você deseja assumir essa empreitada mesmo já tendo um emprego, é preciso saber que há um longo caminho a se percorrer e você deverá possuir algumas caraterísticas específicas. Veja, neste artigo, como empreender sem sair do emprego.

8 atitudes para empreender  sem sair do emprego

Sem dúvidas, o que você precisa ter para saber como empreender sem sair do emprego é atitude! Veja 8 delas que são fundamentais.

Convicção

Trabalhar no planejamento e estruturação de seu próprio negócio e ainda manter o seu emprego irá exigir muito de seu tempo. Principalmente, se este for o seu único tempo livre, pois você terá que se empenhar em dobro nos finais de semana e dias de folga. Antes de tudo, você precisa se questionar se é isso que você realmente quer para a sua vida, se esse é o ramo de atividades que você deve focar toda a sua determinação e principalmente se você se vê fazendo isso no futuro.

Paixão

Abrir o seu próprio negócio irá requerer que você realmente seja apaixonado pelo que faz. Que você sonhe com o progresso de sua empresa. Pois você terá que investir não somente o seu esforço, mas também o seu dinheiro e tempo, mesmo em momentos onde as coisas parecerem muito difíceis.

Perfil

Empreender não é apenas uma escolha que difere quem escolheu ser patrão de quem escolheu ser funcionário. É preciso ter o perfil de empreendedor. Isso significa que você precisa saber trabalhar em equipe, precisa saber liderar de forma respeitosa e motivacional, ser estrategista, estar disposto a correr riscos e não se abalar caso algo dê errado. Afinal, até mesmo os fundadores de corporações como a Apple e o KFC tiveram uma longa relação com o fracasso até suas vidas começarem a dar uma grande reviravolta.

Planejamento

Se você identificou que sabe o que realmente quer para a sua vida, identificou que é apaixonado pelo que faz e possui um perfil de empreendedor, agora é a hora de começar a se planejar. Estabeleça metas, prazos, crie um cronograma e o siga religiosamente. No começo, isso irá exigir grandes sacrifícios fazendo com que você perca horas de descanso e que você tenha que trabalhar em seu planejamento nos finais de semana e feriados.

Discrição

Se existe uma virtude que diferencia aqueles que conseguem daqueles que apenas prometem é a discrição. Seja discreto em todo o momento, não divulgue em seu trabalho o que você está fazendo ou planejando. Haverá o momento certo para isso, mas até lá contenha a sua ansiedade e evite expor os seus planos. Dependendo da área que você escolheu empreender, a empresa em que você trabalha pode considerar antiético o fato de você ser um concorrente e possuir informações internas e privilegiadas e isso pode te colocar em uma situação complicada.

Apoio

Esse não é um requisito primordial, mas se você tiver pessoas que possa contar, certamente, será um diferencial nas horas difíceis e em momentos de dúvida. Ter com quem dividir o fardo, o torna muito mais leve.

Instrução

É possível aprender por conta própria, mas ter alguém para lhe inspirar e instruir, principalmente, quando você está se aventurando em uma nova área, é um privilégio que muitos não têm. Seja sempre humilde e saiba escutar as pessoas, pois você pode receber muita instrução apenas ficando mais atento às pessoas que estão ao seu redor.

Prudência

Não seja impulsivo, permaneça em seu emprego por mais que o seu novo empreendimento pareça ser promissor. Haverá o momento certo para você abandonar o seu emprego e se dedicar 100% ao seu próprio negócio, mas até lá aja com prudência.

O que achou do tema do post de hoje? Não deixe de expor a sua opinião aqui nos comentários!

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um comentário em “Como empreender sem sair do emprego e otimizar tempo

Deixe uma resposta