Estudando a concorrência e definindo a estratégia de seu negócio

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Todo plano de negócios precisa incluir informações, estudos e fazer uma análise sobre a concorrência. Essa será a sua chance de olhar atentamente para o seu mercado com o objetivo de saber o que os outros estão fazendo e por quê.

Empresas que atualizam anualmente os seus planos de negócio devem sempre incluir uma análise competitiva para capturar mudanças no mercado e em sua concorrência. É importante conhecer as forças e fraquezas dos seus concorrentes para que você possa estimar suas ações futuras e construir uma vantagem competitiva diante deles.

No post de hoje, veremos a importância e daremos dicas para você estudar a concorrência e definir as estratégias do seu negócio. Confira!

Criando uma matriz de pontos fortes e fracos (SWOT)

análise SWOT, utilizando diagramas ou matrizes, é uma parte fundamental de qualquer análise ou planejamento de negócios. SWOT significa, em inglês, forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Pontos fortes e fracos são fatores internos, enquanto oportunidades e ameaças são fatores externos. Um diagrama SWOT analisa um projeto ou empreendimento de negócios, concentrando-se em cada um desses fatores.

Para montar uma matriz sobre força competitiva, por exemplo, liste todos os pontos e as habilidades-chave abaixo da margem esquerda de um pedaço de papel. No topo, anote dois cabeçalhos de coluna: “fraqueza” e “força”.

Em cada ponto de habilidade, coloque todos os concorrentes que têm fraquezas nessa categoria específica na coluna de fraqueza e todos aqueles que têm pontos fortes nessa categoria específica na coluna de força. Depois de terminar, de forma simples e rápida, você será capaz de determinar exatamente sua posição em relação às outras empresas concorrentes em sua indústria.

Avaliando forças e fraquezas dos concorrentes

análise competitiva de seu plano de negócios deve listar os seus principais concorrentes e seus pontos fortes e fracos. Quanto mais informações você tiver sobre eles, melhor. Saiba onde eles estão localizados, o que eles vendem, seus preços, suas mensagens de marketing, seus posicionamentos na internet e suas reputações.

A finalidade dessa análise é determinar os pontos fortes e fracos dos concorrentes dentro do seu mercado, as blindagens que podem ser desenvolvidas para evitar que a concorrência entre no seu mercado e quaisquer fraquezas que possam ser exploradas dentro do ciclo de desenvolvimento do produto. Depois de ter agrupado os seus concorrentes, você pode começar a analisar suas estratégias e a identificar as áreas nas quais eles são mais vulneráveis.

Qual é o seu diferencial competitivo? E o dos seus concorrentes?

Essa é uma das partes mais importantes para o seu negócio. Você precisa convencer as pessoas de que sua empresa está oferecendo algo diferente e melhor do que o que está já disponível.

A sua vantagem competitiva pode estar em qualquer uma das principais distinções da sua empresa, incluindo custo, recursos, serviço, qualidade, distribuição e assim por diante. Ou poderia também ser algo totalmente diferente.

O sucesso de uma loja de varejo localizada em uma rodovia interestadual, por exemplo, pode depender quase inteiramente de quão próxima ela está de uma saída de retorno. Compare o que você tem para oferecer em relação aos seus concorrentes, incluindo os seus concorrentes online. Procure sua vantagem competitiva sem bater ou denegrir a sua concorrência – lembre-se sempre que o seu objetivo não é dizer que eles não são bons, mas que sua empresa, produto ou serviço são as escolhas certas.

Estudando a concorrência e definindo a estratégia: identificando ameaças e oportunidades do mercado

Depois de avaliar os pontos fortes e fracos do seu próprio empreendimento para montar o seu plano de negócios, procure por forças externas, como oportunidades e ameaças, que podem ter um efeito sobre o destino da sua empresa. Essas mudanças incluem:

  • O aparecimento de concorrentes novos ou mais fortes
  • O aparecimento de tecnologias únicas
  • Mudanças na economia que afetam os hábitos de compra do cliente
  • Alterações nas preferências dos clientes que afetam os hábitos de compra
  • Mudanças na política, nas leis e nos regulamentos
  • Entre outros

Ao listar oportunidades, pense em mudanças positivas em seu ambiente competitivo e outros fatores que podem contribuir para o seu sucesso. Ao listar ameaças, não esqueça de considerar também as questões trabalhistas, questões globais e novos produtos que podem tornar sua oferta desatualizada ou desnecessária.

Como se posicionar?

A estratégia de posicionamento de uma empresa pode ser afetada por diversas variáveis ​​relacionadas às motivações e exigências dos clientes, bem como pelas ações dos concorrentes.

Antes de posicionar seu produto ou serviço, você deve responder às seguintes perguntas estratégicas sobre o seu mercado e os seus produtos ou serviços: o que o seu cliente está comprando de você? Como o seu produto ou serviço é diferente daqueles de seus concorrentes? O que torna o seu produto ou serviço exclusivo?

Depois de responder a estas perguntas estratégicas com base em sua pesquisa de mercado, você pode começar a desenvolver uma estratégia de posicionamento para o seu plano de negócios. O seu posicionamento não precisa ser longo ou elaborado, mas é importante apontar quem é seu público-alvo, como você vai alcançá-lo, o que eles realmente estão comprando de você e quem são os seus concorrentes.

LEIA MAIS:

Você já está estudando a concorrência e definindo a estratégia de seu negócio? Saiba mais sobre este e outros assuntos assinando nossa Newsletter e recebendo nossos artigos em primeira mão!

Software de gest„o empresarial

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um comentário em “Estudando a concorrência e definindo a estratégia de seu negócio

Deixe um comentário