Como integrar a gestão financeira com a estratégia de marketing?

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Normalmente, ao falar sobre marketing, a primeira coisa que vem à cabeça das pessoas é a propaganda e a publicidade. Embora isso seja uma parte importante do processo, a estratégia de marketing inclui uma série de outras atividades, e é fundamental que todas elas estejam integradas à gestão financeira da empresa.

Uma estratégia de marketing abrange tudo o que diz respeito ao relacionamento da empresa com seu ambiente externo. Trata-se do departamento responsável, por exemplo, por analisar como anda a concorrência no seu segmento de atuação e medir a demanda do mercado por seus produtos e serviços.

O departamento de marketing poderá dar o primeiro sinal de que uma queda de faturamento poderá vir nos meses seguintes, ao detectar a entrada de um forte concorrente no mercado. E ao contrário, poderá ser também o responsável por um aumento momentâneo de receita, ao definir uma promoção estratégica em determinado período do ano.

 É comum resumir as atividades do marketing por meio de quatro “P”s: Produto tem a ação de desenvolver um produto que atenda as necessidades dos consumidores, Preço estuda quanto o mercado está disposto a pagar por aquilo que a empresa vende, Promoção define a estratégia de publicidade para divulgar a empresa e o Ponto de venda que determina qual a melhor localização para a empresa e quais os canais de distribuição mais adequados.

Por ser o responsável pelo relacionamento da empresa com vários agentes externos – clientes, concorrentes, fornecedores, entre outros, é fundamental que exista na empresa canais de comunicação que permitam que informações sobre o andamento dos negócios sejam constantemente atualizadas, para que as correções necessárias sejam feitas o mais rapidamente possível.

É aí que entra a importância de se manter a estratégia de marketing integrada com a gestão financeira. Uma queda no faturamento, por exemplo, pode ser o primeiro sinal de que alguma coisa está errada no relacionamento com os clientes. A concorrência ficou mais acirrada? É preciso aumentar os esforços de promoção dos produtos e serviços oferecidos. Uma redução no preço pode ajudar a reverter a queda nas vendas? Apenas uma área de marketing que tenha em mãos um retrato fiel da situação financeira da empresa pode responder essas perguntas com propriedade.

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn