Como manter o controle financeiro da sua pequena empresa

As finanças de uma pequena ou média empresa (PME) são, certamente, um dos pontos mais sensíveis para um empreendedor iniciante. Isto acontece porque muitos empresários têm a ideia do negócio, pensam em sua logística, criam formas de vender seus produtos, mas simplesmente esquecem dos pormenores das finanças. Sim, para a maioria das pessoas é um trabalho bastante desgastante, mas sem ele a saúde da sua pequena empresa estará ameaçada.

Manter as finanças do seu negócio em dia não é tarefa simples, mas existem algumas dicas que ajudarão a evitar que sua empresa caia em algumas armadilhas muito comuns. Confira:

Mantenha um controle financeiro

Esta dica parece óbvia, mas muitos pequenos empresários simplesmente deixam de lado o controle financeiro. O ideal é utilizar um software que mantenha uma atualização em tempo real das suas despesas, custos, contas a pagar, projeções de fluxo de caixa, etc. Mas, mesmo um controle escrito — um simples caderno — pode ser bastante útil.

Além de apontar um panorama geral das finanças da sua empresa, um controle é uma ferramenta importante para ter insights sobre redução de custos, precificação e estratégias para vendas.

As finanças pessoais e da empresa devem ser independentes

Um problema clássico enfrentados por aqueles que possuem pequenas empresas é a confusão entre as contas pessoais e do negócio. Para manter as finanças em dia é fundamental trabalhar com as duas coisas separadamente. O ideal é, inclusive, manter contas e cartões de crédito independentes.

Claro que você pode, eventualmente, fazer uma retirada do caixa da empresa para um gasto pessoal. Porém, esta operação deve ser registrada no seu controle. Da mesma maneira, a entrada de recursos externos (de um trabalho que você faça fora da empresa, por exemplo) deve ser registrado como um investimento. Misturar as contas pessoais com as da empresa gera confusão e é um prato cheio para problemas futuros.

Não se esqueça de receber

Para manter as finanças em dia na sua pequena empresa uma coisa é fundamental: receber. Parece óbvio, não? Porém, muitos pequenos empresários simplesmente esquecem de manter um registro rigoroso e acabam por receber os pagamentos com grande atraso ou simplesmente deixam de ganhar.

Focar em um controle de quem deve à sua empresa é fundamental especialmente quando o negócio trabalha com um grande volume de clientes. Não se esqueça de cobrar!

Mantenha uma reserva de caixa

Este é um ponto importante que muitos donos de pequenas empresas acabam esquecendo: problemas acontecem. Seu negócio pode estar indo muito bem, com ótimas projeções de crescimento e lucro, mas imprevistos podem surgir e bagunçar com as suas finanças. Por isso, é fundamental manter uma reserva de caixa, que seja usada quando estes problemas surgirem. Caso contrário, você terá que buscar recursos por financiamento, o que pode gerar uma bola de neve difícil de ser diminuída.

Os imprevistos podem ser uma queda brusca na demanda de mercado, um processo trabalhista de um ex-colaborador, a manutenção de um equipamento, etc. A reserva de caixa também pode ser usada para investir em uma oportunidade e que, caso não possua recursos, você acabaria deixando passar.

O sucesso de uma PME depende de centenas de fatores que vão desde à escolha de um bom produto até o contexto do mercado, passando por questões como um bom atendimento e investimento em marketing, por exemplo. Porém, nenhum desses fatores será útil se o empresário não conseguir manter as finanças em dia.

Ter um controle financeiro, manter as finanças pessoais e da empresa de forma independente, ter uma reserva de caixa e não esquecer de receber são algumas dicas valiosas, que ajudarão o empresário a não cair em alguns dos erros mais comuns das empresas que fracassam.

Gostou do post de hoje? Gostaria de compartilhar mais alguma dica para manter as finanças de uma pequena empresa em dia? Deixe seu comentário!

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um comentário em “Como manter o controle financeiro da sua pequena empresa

Deixe uma resposta