Como ter uma Gestão de Custos campeã

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Aumentar as vendas e reduzir os custos são duas metas cruciais para qualquer negócio, principalmente em épocas de vagas magras. Todos os gestores se preocupam com esses fatores, qualquer que seja sua atividade. O problema é que nem sempre é possível potencializar as vendas e o faturamento desta forma. É aí que entra em cena a importância de se ter uma gestão de custos de alto nível: afinal, quem está à frente do processo decisório da empresa deve reduzir as despesas da organização sempre com critério e conhecimento de causa. Agora, como gerir os gastos administrativos e gerais de sua empresa de maneira eficaz? Nosso post te ajuda a descobrir!

Por que é preciso ter uma boa Gestão de Custos?

A Gestão de Custos nada mais é que o processo de planejar e controlar o orçamento de uma empresa. Dessa forma, esta ferramenta contábil permite que um empresário ou gerente seja capaz de prever despesas e entender como elas ocorrem, reduzindo as chances de extrapolar seu orçamento e distinguindo onde seria possível cortar gastos sem prejudicar a eficiência de seus serviços ou a operacionalidade da equipe. Inevitavelmente, fazer isso passa pela análise do mercado e das finanças do negócio, a fim de tomar as melhores decisões.

Como o gestor pode diminuir e controlar os gastos corporativos?

Mesmo coletando-se uma boa quantidade de informações, pode acontecer de você ficar um pouco perdido na hora de escolher as melhores medidas para garantir uma gestão de custos campeã na empresa. Todavia, há formas para fazer isso muito além dos óbvios cortes em contas de consumo (água, luz e telefone, por exemplo) ou menores aquisições de material de escritório.
Uma dica é renegociar seus contratos por ano em vez de fazer combinações por muito mais tempo. Isso poderá lhe dar a oportunidade de descobrir melhores condições com um novo fornecedor ou instituição financeira.

Fazer pesquisas com os clientes também pode ser uma ótima maneira de ver os setores que são mais certeiros para fazer investimentos, em vez de aplicar os recursos em áreas duvidosas de seu negócio. Entenda como funciona o giro do seu estoque e otimize o armazenamento de suas mercadorias e o controle de inventário. Não descuide também da emissão de suas notas fiscais: vale a pena manter todos os registros de venda apropriadamente, a fim de assinalar a inadimplência de seus clientes e controlar as obrigações fiscais no seu volume exato.

Por que se deve ter um programa contínuo de Gestão de Custos?

Muitas vezes as medidas de redução de custos em uma empresa são consideradas como uma proposta finita ao invés de ser um processo contínuo. Se o corte de custos for uma tecnologia ou ideia que rapidamente é absorvida pela concorrência, isso deixará de ser uma vantagem competitiva para sua empresa em pouquíssimo tempo. Portanto, a gestão melhorada e contínua dos custos deve se tornar parte da cultura da empresa, a ponto de você não precisar apelar para iniciativas desesperadas de cortes em escala por temporada.

E então, a gestão de custos já faz parte da estratégia da sua empresa? O que você tem feito para ter as melhores decisões de cortes de gastos dentro de sua organização? Conte um pouco de suas experiências nos comentários e não deixe de conhecer o Sage Start para assumir o controle da sua empresa!

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

2 comentários em “Como ter uma Gestão de Custos campeã

  1. Temos intenção de implantar o custo como ferramenta de gestão. Gostaria de uma planilha ou algum programa em que eu pudesse inserir informações e ver impresso na tela a situação de nossa empresa no âmbito geral, com possibilidades de analise para tomada de decisão, gráficos, demonstrativos e relatórios para a diretoria, algo mesmo que fosse inovador. Uma ferramenta que valorizasse o trabalho de controle e o desempenho das atividades com indicadores e etc. Isto sim, seria interessante.

Deixe uma resposta