Controlando suas Finanças Pessoais – Parte 1 – Opções de Crédito


Nunca antes na história desse país os juros foram tão baixos. O resultado? Temos comprado mais eletrodomésticos em nossas cozinhas, celulares em nossos bolsos e carros em nossas garagens. O consumo do brasileiro está a todo vapor!

A outra face da moeda, entretanto, é que o aquecimento da economia do nosso país nos últimos anos tem sido alimentado pelo aumento das dívidas do consumidor. A maior prova disso é que se você não está endividado, certamente conhece alguém que está. É a bola de neve das compras parceladas.

Por isso, preparamos este guia com as cinco opções de crédito mais populares do mercado. Entenda como elas funcionam, os juros cobrados e suas principais vantagens e desvantagens. Tomar empréstimos hoje é muito fácil, mas antes de entrar nessa por impulso, é fundamental entender muito bem o tipo de crédito que você está contratando.

 1. Cartão de crédito

 O que é?

O cartão de crédito é um meio de pagamento eletrônico, que surgiu como alternativa aos cheques pré-datados. Hoje em dia são feitos de plástico e a maioria traz chip, um dispositivo que libera compras apenas digitando uma senha, tornando o cartão de crédito uma opção de pagamento ainda mais segura.

Neste item, estamos considerando as compras feitas com cartão de crédito e pagas integralmente na data de vencimento da fatura ou parceladas sem juros! Para saber mais sobre o crédito rotativo, que é aquele acionado quando você paga apenas o mínimo da fatura no vencimento, confira o próximo item.

Vantagens:

✓  Dispensa o uso do dinheiro em papel;

✓  Pode ser cancelado em caso de roubo;

✓  Facilita as compras pela internet;

✓  A maioria dos cartões de crédito é vinculada a programa de recompensas, o que pode ser bastante vantajoso. Muita gente usa cartão de crédito só para acumular pontos e trocá-los por milhas aéreas, por exemplo;

✓  Em caso de erro na cobrança pela loja, é possível estornar a operação em poucos minutos;

✓  Possibilidade de dividir o impacto da aquisição de um bem mais caro, como um computador, sobre o orçamento mensal através do parcelamento (lembrando que só vale a pena parcelar no cartão se não forem cobrados juros!);

✓ É uma forma prática e segura de fazer pagamentos em viagens ao exterior. Além disso, o câmbio costuma ser mais barato no cartão de crédito do que se você comprar dólar em espécie em uma casa de câmbio por exemplo.

 Desvantagens:

✓  Repasse do custo das administradoras:

As lojas repassam os custos das administradoras de cartão aos preços à vista dos bens e serviços vendidos. E isso não é pouca coisa! Em média, as taxas pagas pelos estabelecimentos às operadoras de cartão de crédito são de 4% das receitas obtidas;

✓  Falsa sensação de ganhar mais:

É muito fácil se endividar com o cartão de crédito, assumindo parcelas que, somadas, não cabem no orçamento mensal. O cartão de crédito pode dar a ilusão de que você pode gastar mais do que deve. Especialistas recomendam que o limite de compras seja no máximo metade do quanto você ganha por mês;

✓  Pagamento de anuidade:

O próprio nome diz: uma vez por ano você será cobrado por possuir cartão de crédito, usando-o ou não. Aqui vale pechinchar: os bancos costumam dar descontos (de até 100%) na anuidade de acordo com a frequência com que você o utiliza, a quantidade de investimentos que possui na instituição e até para tentar recuperar clientes que queiram cancelar o cartão de crédito. Consulte aqui um site que compara as tarifas da maioria dos cartões de crédito disponíveis no mercado.

 Taxa de juro mensal:

✓ 0% (lembre que aqui, estamos considerando apenas as faturas pagas em dia e as compras parceladas sem juros).

Você sabia que…

✓  Os cartões de crédito surgiram na década de 1920 nos Estados Unidos? E no começo não era todo mundo que tinha. Cada estabelecimento aceitava apenas seu próprio cartão (não tinha esse negócio de uma mesma bandeira em qualquer lugar do mundo), que era dado somente aos clientes mais fiéis, em quem o dono da loja mais confiava;

✓  O parcelamento das compras é uma prática típica do Brasil? Nos EUA, por exemplo, você não consegue comprar uma geladeira em 10 vezes sem juros! As lojas nem oferecem essa opção. É tudo pago de uma vez na data do vencimento da fatura;

✓ Existe uma norma que recomenda a padronização do tamanho dos cartões de crédito? Graças à ISO7810, você dificilmente já deve ter recebido um cartão de tamanho diferente de 85,60 por 53,98mm. Pode medir!

 

Para saber mais:

✓  A ABECS preparou uma cartilha divertida, em forma de quadrinhos, que explica com detalhes o funcionamento do cartão de crédito e esclarece as principais dúvidas relacionadas a esse meio de pagamento. Acesse aqui.

 

Referências

ABECS – Associação de Cartões de Crédito e Serviços
http://www.abecs.org.br

Abrasel – Associação Brasileira de Bares e Restaurantes
http://www.abrasel.com.br

Banco Central
http://www.bcb.gov.br

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn