Controlando suas Finanças Pessoais – Parte 2 – A possiblidade de Crédito Rotativo

O que é?

Ligado aos cartões de crédito, o crédito rotativo é acionado de forma automática principalmente em duas situações cotidianas:

  1. Quando você faz uma compra com cartão de crédito e opta pelo parcelamento com juros (chamado de parcelamento pela administradora do cartão);
  2. Quando, na data de vencimento da fatura, você paga um valor inferior ao total devido (o mínimo da fatura, por exemplo). Nesse caso, o restante será acrescido de juros e cobrado no mês seguinte.

 Vantagens:

✓ Possibilidade de parcelar uma dívida em um maior número de vezes;

Usando o crédito rotativo, você provavelmente conseguirá parcelar sua dívida em mais vezes e, consequentemente, pagará menos por mês (mas pagará juros maiores sobre o valor total, não esqueça!).

Você consegue ver isso na prática no caixa das redes de hipermercados ou grandes lojas de roupas, quando vai escolher uma das opções de parcelamento. Pode reparar: para parcelar uma compra em um número maior de vezes, normalmente há cobrança de juros.

✓  Salvar a pele naquele mês do sufoco;

A vida é cheia de imprevistos. Quem nunca acabou o mês no vermelho por conta daquelas despesas inesperadas, como uma multa ou um remédio caro? O crédito rotativo permite que você pague apenas uma parte da fatura e isso é a salvação quando ainda tem muito mês para pouco salário.

Só não vale esquecer que a fatura do mês seguinte virá mais cara que o normal, hein? Afinal, usar o crédito rotativo nada mais é do que adiar uma despesa. Mas ela terá que ser paga, mais cedo ou mais tarde (e quanto mais tarde, mais juros!).

Desvantagens:

✓  Considerando apenas o ponto de vista financeiro, não há vantagens em pagar o mínimo da fatura do cartão de crédito;

Os juros cobrados são muito altos, elevando demais o valor total da sua dívida. Se não for possível quitar a fatura inteira no vencimento, a melhor opção é buscar um empréstimo que cobre juros menores, como o CDC ou o consignado.

✓  O rotativo é uma das principais causas da bola de neve do endividamento;

Poder pagar o mínimo da fatura em um mês mais apertado é um alívio, é claro, mas isso não pode ser sinônimo de descuido. Não esqueça que não conseguir honrar suas despesas é sempre um sinal de alerta: você está gastando mais do que ganha!

Assim, já na primeira vez em que isso acontecer, você deve entrar imediatamente no modo de contenção de despesas, ou seja: pare de gastar já! Lembre que no mês que vem, além de todas as contas de sempre, você terá ainda as despesas atrasadas desse mês para pagar. Assim, se você mantiver o mesmo ritmo de gastos, quando chegar a próxima fatura, não terá de novo como pagá-la integralmente. De pagamento mínimo, em pagamento mínimo, as dívidas fogem do controle

Em vez de esperar para chorar pelo leite derramado, corte o mal pela raiz. Um mês sem comprar sapato, jantar fora ou ir para balada é bem menos sofrido que uma vida inteira de dívidas. Pense nisso! 

Taxa de juro mensal:

✓  De 6% a 14%.

Você sabia que…

✓  O valor mínimo da fatura do cartão de crédito equivale a 15% do total dela;

✓  As redes de hipermercados e as lojas de eletrodomésticos usam e abusam do crédito rotativo, sem chamá-lo assim. Tome cuidado!

✓  O valor máximo possível de parcelas pela administradora de cartão de crédito é 49. Mas isso não significa que você pode parcelar qualquer compra em 49 vezes. Isso depende muito do valor gasto e da loja em que você está comprando;

✓  Existem mais cartões de débito do que de crédito no Brasil;

✓  Mas o número de compras com cartão de crédito é mais que o dobro do número de compras no débito;

✓  Em 2012, os brasileiros pagaram R$ 120 bilhões com cartão de crédito;

✓  Apesar de as compras parceladas com juros serem bastante utilizadas pelos brasileiros, o número de compras parceladas sem juros é duas vezes maior.

 

Para saber mais:

✓  Utilize a Calculadora do Cidadão criada pelo Banco Central para descobrir os juros embutidos nas suas compras e o valor total da sua dívida parcelada.

 

Referências

ABECS – Associação de Cartões de Crédito e Serviços
http://www.abecs.org.br

Banco Central
http://www.bcb.gov.br

Cielo
www.cielo.com.br

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn