Controle financeiro da empresa deve ser separado de contas pessoais

controle financeiroUma das regras da boa administração é manter separadas as contas da empresa e as despesas pessoais dos sócios. Essa norma, porém, é quebrada com freqüência em pequenos negócios e ocorre algumas vezes até em grandes corporações.

Para manter o controle financeiro, é fundamental contabilizar apenas as receitas e as despesas da companhia. Dessa forma, o resultado irá refletir com exatidão a realidade do negócio.

Imagine um balanço em que os sócios somam custos com jantares, passeios no fim de semana e até a conta do cartão de crédito pessoal. No fim do mês, as receitas serão apenas as da empresa, mas as despesas estarão infladas com valores que não representam os custos operacionais e financeiros do negócio.

O resultado desta conta será a redução da margem de lucro da empresa. Ao ver a margem de lucro reduzida, o empresário poderá se sentir desmotivado com o próprio negócio, acreditando que seu retorno poderia ser maior, quando na realidade a margem de lucro do negócio é mais alta.

Essa regra vale mesmo que a companhia tenha um único dono. Se você controla um negócio sem sócios, acredite que sua companhia irá crescer e você um dia poderá precisar apresentar o controle financeiro da sua empresa para um potencial investidor ou para um banco, em busca de uma linha de crédito. Nestas duas situações, será esperado que as contas estejam detalhadas e sejam fiéis à realidade.

No caso de empresa com sócios, essa separação é ainda mais importante para que a distribuição de lucros seja a mais justa possível. Assim, é possível evitar até disputas judiciais no futuro.

Com as contas e os recebimentos em dia e sob controle, as chances do seu negócio prosperar são muito maiores. Por isso, vale a pena investir no detalhamento do controle financeiro da sua empresa.

É bom contar com o auxílio de um software para ajudar neste controle. Existem diversas ferramentas para isto, porém sugiro que experimente antes de comprar. Não são todos que tem vocação para controle. Uma sugestão e começar com programas mais fáceis e intuitivos, como o jFinanças Empresa e/ou jFinanças Pessoal por exemplo.

 

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn