Controle financeiro pessoal: como deixar as contas em dia?

Você pode usar a planilha para fazer um orçamento pessoal. Comece pelas suas fontes de renda, como salários ou rendimentos de aplicações financeiras, e depois inclua estimativas de suas principais despesas fixas, como aluguel, contas de luz e telefone, entre outros.

Feito o orçamento, passe para o registro das receitas e despesas efetivamente realizadas. Não se esqueça de incluir mesmo aqueles valores que pareçam pouco significativos, pois mesmo pequenos gastos se acumulam e podem fazer um estrago na sua vida financeira à medida que o tempo for passando. Compare o valor orçado com o que realmente ocorreu. Se a diferença entre os dois for muito grande, pode ser a hora de fazer ajustes nas suas finanças – buscar novas fontes de renda, ou, claro, cortar alguns gastos.

Em outra seção da sua planilha de controle financeiro, coloque os seus investimentos e dívidas. É importante acompanhar quanto as suas aplicações financeiras estão rendendo com o passar do tempo, assim como avaliar constantemente se o montante de juros que incidem sobre os seus financiamentos estão num nível razoável.

Muitas vezes, pode valer a pena tentar renegociar sua dívida com o banco, ou mesmo procurar outra instituição financeira que ofereça condições melhores de pagamento. Se os seus investimentos rendem pouco, outra opção é sacar o dinheiro aplicado e usar os recursos para quitar dívidas.

 

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn