custos-para-abrir-empresa

Custos para abrir empresa: alguns pontos para investir desde o início

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Abrir uma empresa é uma tarefa que requer certas habilidades e pré-requisitos, como: compromisso, responsabilidade, determinação, paciência, capacidade de aprender com erros e principalmente, organização e planejamento. Tanto na hora de montar o seu plano de negócios quanto na hora de executá-lo é muito importante saber planejar todo o caminho que a sua empresa irá percorrer.

Sem dúvidas o planejamento financeiro é uma das etapas mais importantes no processo de abertura de uma empresa, por isso se você está pretendendo começar o seu próprio empreendimento precisa saber quais são os principais custos a serem considerados. Continue lendo para conferir!

Custos para abrir empresa essenciais para um bom funcionamento

1. Custo para início das atividades

O investimento inicial irá variar conforme o ramo de atividades da empresa, mas é um dos custos mais importantes a se considerar. Você precisa calcular quanto irá precisar para que a sua empresa comece a produzir, como, por exemplo: O custo do equipamento, aluguel ou compra do imóvel, compra de material para produção, despesas com licenças e regularizações, contratação de funcionários, uniformes da equipe, automóveis para entrega de produtos ou compra de materiais, entre outras despesas.

Você precisa saber quanto capital de fato seria necessário ter disponível, caso a sua empresa começasse as atividades hoje.

2. Tributações de órgãos governamentais

Este é outro custo que varia muito de um ramo de atividades para outro, mas é possível levantar as porcentagens de impostos cobrados para cada área consultando o SEBRAE mais próximo de você. A princípio, as taxas básicas para que a sua empresa possa se regularizar e iniciar as suas atividades em sua cidade serão municipais, estaduais e federais (dependendo do ramo de sua empresa). Além disso, é preciso definir qual será o regime tributário, se os impostos serão recolhidos anualmente ou uma vez por mês.

3. Custo operacional

Custo operacional é semelhante ao custo inicial com pequenas diferenças. O custo operacional é uma média de quanto a sua empresa gasta por dia/mês para se manter funcionando. Deve-se somar o valor de tudo que é indispensável para a empresa, como: aluguel, despesas de consumo (água, luz, internet, telefone, etc), salários de funcionários, recolhimento de impostos, custo de reposição de materiais ou produtos.

A sua empresa deverá gerar uma receita igual ou superior ao seu custo operacional, caso contrário você estará no vermelho.

4. Pró labore

O sucesso de sua empresa irá depender de sua capacidade de organização e planejamento. Estipular quanto você e seus sócios (caso tenha) irão lucrar dentro de um determinado prazo faz parte da tarefa de planejar custos. Afinal, você decidiu se tornar um empreendedor para obter lucro com o seu negócio. Então, é preciso considerar o seu lucro como mais um “custo” que a sua empresa terá.

5. Marketing

O marketing de uma empresa é um conceito bastante abrangente e envolve desde o seu nome, logotipo, identidade visual até as ferramentas de divulgação que ela irá utilizar para promover os seus produtos ou serviços. O marketing é um dos custos mais importantes a serem considerados. Tanto que todo produto que você consome possui uma porcentagem inclusa em seu preço totalmente designada para o seu marketing.

Uma empresa organizada possui um setor específico para lidar com as suas atividades e ações de marketing. Afinal, o cliente precisa chegar até o seu produto para que haja receita, mas isso só é possível se o seu produto estiver em evidência.

Existe mais algum custo importante a ser considerado antes de abrir uma empresa que nos esquecemos de mencionar? Você tem alguma experiência que queira compartilhar sobre o assunto? Deixe o seu comentário!

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um comentário em “Custos para abrir empresa: alguns pontos para investir desde o início

Deixe uma resposta