10 dicas de sobrevivência para pequenas empresas

O sucesso empresarial é uma coisa complicada, com muitas variáveis influentes envolvidas. A última pesquisa global de pequenas empresas da Sage descobriu que muitas delas se sentem ameaçadas por todos os tipos de obstáculos: eleições, flutuações cambiais, mercados internacionais e até mudanças no turismo. Portanto, resolvemos elencar 10 dicas de sobrevivência para pequenas empresas.

Afinal, felizmente ainda há muita coisa sob seu controle para garantir que seu negócio seja bem-sucedido. Logo abaixo, conheça alguma das nossas melhores dicas de sobrevivência para pequenas empresas:

1. Classifique seus clientes por atributos-chave

Possivelmente você conhece seus clientes pelo nome, especialmente se você é uma pequena empresa com poucos clientes ou vende seus produtos e serviços para negócios de nicho que não envolvam muitos consumidores.

Se você puder, classifique esses clientes com base em um atributo (digamos, os que “gastam mais”) e, em seguida, gere uma lista para você contatá-los seguindo essa ordem. Caso você tenha essa lista em um software, será ainda mais fácil classificá-los rapidamente.

2. Estimule defensores de marca

Clientes felizes e fiéis continuarão a falar bem dos seus produtos e serviços aos amigos. Eles publicarão sobre você nas redes sociais organicamente, gerando publicidade gratuita. E as pessoas confiam na opinião de seus amigos sobre os esforços de marketing de uma empresa. Estimule essa prática!

3. Use anúncios direcionados no Facebook Ads

A plataforma de publicidade do Facebook possibilita uma segmentação de audiência semelhantes (look-alike). Tudo o que você precisa fazer é fornecer um banco de dados de clientes existentes, então o Facebook vai examiná-lo e encontrar pessoas que combinam com o perfil dos seus clientes reais. Você pode criar então anúncios segmentos para esse público parecido. Funciona muito bem!

4.  Refine sua publicidade de marketing digital

Segmentar o público é o benefício número um quando falamos de redes sociais e marketing digital, pois quando você está configurando um anúncio, é possível definir critérios como educação, renda, afinidade e interesses do seu público. Você pode alcançar menos pessoas ao restringir alguns critérios, mas os números mais baixos podem ser superados por uma conversão mais qualificado e gerar mais Lead. Faça experimentos.

5. Diversifique os mercados que você atua

Se o mercado atual está árduo, será que você pode se aventurar em outros mercados? Por exemplo, você pode encontrar sucesso na cidade ao lado ou apenas alterar o foco do seu marketing e ter sucesso. Se o seu mercado é muito amplo, como contabilistas que ficam mais de uma hora no trânsito se deslocando, talvez seja melhor você alterar o target para “contabilistas femininas que possuem condomínios no centro da cidade”. Quem sabe você descobre um novo mercado?

6. Alinhe seus negócios com o ciclo de orçamento do cliente

Se você está lidando com um departamento governamental ou uma grande corporação, pode antecipar o planejamento dos seus orçamentos para o ano seguinte para realizar a prospecção de vendas no momento ideal no qual eles decidirem gastar dinheiro no futuro. Estar preparado é o grande segredo!

7. Não abra sua situação financeira para todo mundo

Tome cuidado com quem você fala sobre a situação financeira da empresa. Talvez você não queira que seus funcionários, clientes e fornecedores saibam que o seu negócio precisa de uma injeção de dinheiro porque isso pode abalar a confiança deles. Mantenha esses números confidenciais até que você encontre as soluções financeiras ideais.

8. Busque conselhos

Consulte sua equipe (ou amigos e familiares) para ver o que eles pensam que está indo errado no seu negócio. Muito frequentemente os próprios funcionários e os amigos instintivamente sabem o que está indo errado e podem ajudar na solução porque serão sinceros. Existem pessoas espertas que estão preparadas para ajudá-lo. Esteja aberto a escutá-las e aceitar seus conselhos.

9. Não venda produtos e serviços, venda solução de problemas

É muito mais fácil se tornar competitivo se você resolve um problema de um cliente melhor do que um competidor. Foque nos benefícios que você providencia aos clientes e não nos recursos e características dos seus produtos e serviços. Um exemplo: se você estivesse vendendo brocas elétricas, não é a broca que você está vendendo, mas sim o buraco que ela faz.

10. Não nivele por baixo

Reduzir seu preço para competir geralmente é uma proposta perdedora, especialmente se os seus concorrente possuem mais dinheiro. Em vez disso, bata eles com serviço superior, mix de produtos ou conhecimento diferenciado, ou mesmo com um suporte de pós-venda mais atraente.

LEIA MAIS:

Software de gest„o empresarial

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

2 comentários em “10 dicas de sobrevivência para pequenas empresas

Deixe um comentário