Economia Básica para Empreendedores

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Tanto se fala em crise econômica no país, mas será que realmente estamos vivendo em um cenário tão complexo assim? De um lado vemos um alto índice de desemprego, empresas fechando as portas, o preço dos alimentos e serviços de consumo cada vez mais altos. Do outro lado, vemos cada vez mais startups iniciando suas atividades comerciais e pessoas gastando com lazer e viagens para fora do país.

Afinal, nossa moeda está realmente desvalorizada ou será que estamos colhendo frutos de uma péssima administração financeira?

No artigo de hoje, você irá conferir alguns dos principais aspectos ligados à economia básica para empreendedores  que acabam influenciando empresas de micro e pequeno porte no Brasil.

O que o PIB do Brasil tem a ver com meu negócio?

Nível de desemprego, importações e exportações, taxa de câmbio, índice de inflação e variadas atividades comerciais que movimentam a economia do país. Como é possível que tais fatores possam indiretamente afetar a realidade de pequenas e médias empresas, aumentando custos e dificultando novas contratações?

Microempresários têm plena convicção de que a evolução do mercado em que atuam, como o comportamento dos consumidores, inovações tecnológicas e a situação econômica do país, tem grande importância em seus negócios e podem determinar sua estabilidade ou instabilidade financeira.

Por mais que alguns números pareçam distantes da realidade de seu negócio, indicadores de economia estão mais próximos do que você possa imaginar. Portanto, jamais subestime dados como:

  • Índice de desemprego
  • Nível de consumo da população
  • Inflação
  • Entre outros

As micro e pequenas empresas são as primeiras a sentirem as consequências da influência do PIB do Brasil. Em outras palavras, o número de vendas do negócio está diretamente associado à economia do país, por isso, o PIB deve ser acompanhado de perto para que o empreendedor tome suas decisões empresariais.

O que é taxa SELIC e como ela influencia nossas vidas?

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) se reúne a cada 45 dias para decidir se a taxa básica da economia do nosso país deve cair, subir ou se manter estável e, apesar de ser uma sigla muito conhecida, a maioria das pessoas não sabe o que a taxa SELIC representa e como ela afeta nossas vidas diariamente. Afinal, o que é a taxa SELIC?

A taxa SELIC é uma média de juros que o nosso governo paga aos bancos por empréstimos realizados. Quando a taxa SELIC aumenta, os bancos preferem emprestar ao governo para manter sua lucratividade em alta. Entretanto, quando a taxa SELIC cai, os bancos “precisam” emprestar dinheiro para o consumidor comum e consequentemente, obter um lucro maior.

Ou seja, quanto mais alta a taxa SELIC, o crédito que os bancos oferecem aos consumidoras se torna mais caro, pois há menos capital disponível.

Controle de Inflação

Esta taxa é o principal instrumento que o governo usa para controlar a inflação do país. Isso significa que se a SELIC estiver alta, há menos receita circulando e menos procura por serviços e produtos. Se a demanda aumenta e a SELIC diminui, os preços também caem.

Além disso, a taxa SELIC também é uma ferramenta para controlar os investimentos estrangeiros em nosso país. Por exemplo, quem costuma investir em títulos nacionais, acaba ganhando com os altos juros, o que acaba gerando mais receita para o Brasil. Quanto mais dólares em nosso país, menor sua cotação por aqui.

No artigo de hoje você aprendeu um pouco mais sobre economia básica para empreendedores. Entendeu como o PIB e a taxa SELIC exercem influência direta e indireta sobre as micro e pequenas empresas. Você também conseguiu entender que a crise econômica é um tanto complexa, já que ela pode afetar uma parcela da população enquanto outra se mantém “intacta”, já que não são todos os setores que são diretamente influenciados a curto prazo.

LEIA MAIS:

Quer continuar acompanhando todos os nossos artigos semanais? Então siga a Sage nas redes sociais e não perca nenhuma de nossas postagens!

Software de gest„o empresarial

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um comentário em “Economia Básica para Empreendedores

Deixe um comentário