Gestão financeira para agências de publicidade (e outras)

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Mesmo quando o foco da empresa não são finanças, é essencial que os seus administradores busquem aprofundar os seus conhecimentos na área de gestão financeira. Afinal, um bom planejamento financeiro e o controle sobre o fluxo de caixa são exemplos de fatores que contribuem para o êxito de qualquer negócio. E isso também vale para agências de publicidade.

Nas agências de publicidade, por exemplo, as atividades dominantes são o relacionamento com o cliente e o desenvolvimento de campanhas criativas. Mas, também, é importante que haja uma boa organização administrativa para que o negócio flua como deve. Essa administração inclui o gerenciamento financeiro. Um bom controle sobre esta área garante que a agência atue com saldo positivo, dando tranquilidade para que as demais atividades possam ser desempenhadas com qualidade.

Para ajudar, reunimos, abaixo, quatro dicas de ouro para quem busca aprimorar o controle financeiro de uma agência de publicidade. Vale dizer que estas são regras que também ajudam a melhorar a gestão das finanças de empresas de outros setores. Também são, portanto, úteis para lojistas, donos de academias, diretores de escolas e empresários de um modo geral. Acompanhe:

4 dicas importantes para aprimorar a gestão financeira em agências de publicidade

1. Nunca misture as contas pessoais com as da empresa

Esse é um erro especialmente comum em negócios pequenos, que ainda estão começando. Se é o seu caso, considere mudar este cenário: tenha uma conta específica para fazer as movimentações financeiras da agência e não misture as suas despesas pessoais.

Assim, você evita perder o controle sobre o seu fluxo de caixa e não corre o risco de gastar mais dinheiro da empresa do que estava planejado. No início de cada mês, transfira um valor mensal pré-determinado para a sua conta pessoal e evite fazer “empréstimos” da conta da agência.

2. Acompanhe e atualize o planejamento financeiro

Não basta fazer um excelente planejamento, é preciso fazer um acompanhamento para garantir que tudo está saindo conforme o programado. Avalie as contas previstas que ainda não foram pagas e o total que a empresa tem em caixa e que ainda espera receber. Sempre que necessário, faça alterações no planejamento para garantir que a agência conseguirá quitar todas as contas e ainda ficar com saldo positivo no fim do mês.

Imprevistos acontecem e quanto antes você procura soluções para contornar problemas no caixa, melhor para a empresa. Estar de olho nas contas é algo essencial para isso.

3. Trace metas financeiras

Metas são essenciais para o andamento da agência, certo? Assim, o negócio prospera, conquistando mais clientes, fechando mais campanhas e assim por diante. Mas você já pensou que ter objetivos bem definidos também ajuda no aprimoramento da gestão financeira?

Quando o assunto são metas, é importante lembrar que, quanto mais específico, melhor. As metas também devem estar de acordo com a realidade da empresa e devem ser mensuráveis. Exemplos de metas que ajudam a direcionar os esforços na agência, em relação à área financeira:

  • Aumentar o lucro do negócio em x%
  • Poupar x% do que a empresa ganha mensalmente
  • Diminuir x reais das despesas mensais da agência (redução em contas de luz e telefone, por exemplo)

Também é bacana colocar uma data para conclusão destes objetivos e fazer um acompanhamento mensal.

4. Conte com um bom sistema de gestão

Planilhas podem ser eficientes no controle das suas contas pessoais, mas quando falamos de uma empresa, a ferramenta utilizada precisa ser um pouco mais complexa. Quanto melhor você consegue visualizar as despesas e ganhos da agência, por exemplo, melhor tem ideia de como as finanças realmente estão. Isso é essencial para garantir que as decisões tomadas sejam mais acertadas. Isso é possível quando a empresa faz uso de um bom sistema de gestão — com gráficos que facilitem a visualização de dados.

A possibilidade de ter acesso a relatórios também é fundamental para que os gestores consigam monitorar o orçamento do negócio, fazendo mudanças sempre que necessário para garantir um caixa com saldo positivo. Esse é mais um recurso oferecido por um sistema de gestão eficiente.

LEIA MAIS:

E você, como faz a gestão financeira da sua agência de publicidade? Tem dicas que gostaria de compartilhar com nossos leitores? Use o espaço para comentários!

Software de gest„o empresarial

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta