O papel empreendedor como agente de transformação

Muitas vezes não nos damos conta, mas o mundo avança a uma velocidade assustadoramente rápida. Há 20 anos, a internet era algo usado apenas pelo exército ou pelos governos, e hoje até mesmo uma criança tem acesso a rede pelo seu celular. Mas quem será o grande agente de transformação do mundo? A resposta é simples: o empreendedor.

O empreendedorismo é uma importante alavanca para o avanço mundial em diversas áreas por uma razão simples: ele busca, constantemente, oferecer solução para os problemas que a sociedade enfrenta.
Olhe para um empreendedor e você verá um solucionador de problemas. Um pequeno feirante oferece alimentos saudáveis, contribuindo para uma o acesso das pessoas a uma alimentação adequada, por exemplo.

Uber e Netflix: o empreendedorismo digital

As empresas digitais, que começam como startups, são excelentes exemplos de um empreendedorismo como agente de transformação. Diante de um cenário em que pessoas não estavam satisfeitas com o transporte público, não tinham dinheiro — ou interesse — em comprar um carro e estavam começando a analisar a possibilidade de compartilhar seus bens, o Uber apresenta uma solução simples, no entanto revolucionária.
O aplicativo não beneficia, apenas, quem precisa se locomover — resolvendo um problema de transporte que diversos governos não conseguiam solucionar —, mas também oferece uma renda extra aos motoristas e dá a eles uma nova possibilidade de usar seu automóvel.

Já a Netflix não é apenas uma plataforma de entretenimento, mas sim uma possibilidade de produtores de conteúdo negociarem a transmissão de suas produções por um preço que acham justo, e de pessoas terem acesso a essas produções por um preço mais barato do que o cobrado pelas empresas de TV a cabo, que há anos dominavam esse setor da economia.
Isso sem citar outros exemplos tão importantes quanto o Airbnb e o Nubank, que estão modificando os mercados nos quais estão inseridos.

Software de gestão empresarial

O bom empreendedor não visa apenas o lucro

Você pode estar pensando: “Ok, mas algumas empresas não querem melhorar a vida das pessoas. Elas desejam apenas lucrar”. Pode ser verdade, mas a concorrência entre elas costuma dar um jeito nisso, além do quê, apenas o fato de elas contribuírem para a sociedade gerando empregos e pagando impostos já torna sua existência importante.

Pensar apenas no dinheiro é ignorar o futuro
Em um momento em que as pessoas começam a debater questões ambientais e o consumo colaborativo passa a ser levado em consideração pelos indivíduos, o empresário que pensa apenas no lucro está cravando sua queda no mercado em longo prazo.
É preciso demonstrar que sua empresa está de acordo com as novas tendências de comportamento, que sabe que o cliente exige uma postura responsável sobre temas que interessa à sociedade, mas, principalmente, que o empreendedor está diretamente ligado com a grande motivação que faz milhares de pessoas empreenderem todos os dias: solucionar um problema por meio de seu serviço.

A atividade empreendedora também é um agente transformador na ciência — afinal, é preciso oferecer serviços cada vez melhores e isso é impossível sem tecnologia.

Percebeu como a atividade de empreender é importante para o mundo? Então, comente e compartilhe este artigo!

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

4 comentários em “O papel empreendedor como agente de transformação

Deixe um comentário