O que é fluxo de caixa operacional e como calculá-lo

Em um mundo onde a concorrência está cada vez mais apertada, muitas vezes a diferença entre o sucesso e o fracasso está dentro dos processos internos da organização. Atividades relacionadas ao financeiro merecem uma atenção especial e hoje vamos tratar do fluxo de caixa operacional: do que é composto e para que serve, além de dicas para calcular o seu. Vamos lá?

O que é o Fluxo de Caixa Operacional?

Os diversos modelos de fluxos de caixa são as principais ferramentas financeiras utilizadas pelos gestores para medirem o retorno. De forma geral, podemos definir o fluxo de caixa como todas as entradas e saídas de recurso da organização. Isso implica que um fluxo de caixa positivo é aquele onde entram mais recursos do que saem, gerando lucro para a organização.

Mas ao tratarmos de fluxo de caixa operacional, vale lembrar que abordar alguns tópicos que são frequentemente confundidos com os cálculos de lucro. Entretanto, é importante destacar que isso ajudará a calcularmos e contabilizarmos depreciações, enquanto em lucros e resultados não.

Software de Gestão Empresarial

Como fazê-lo

O fluxo de caixa operacional é calculado com base em uma equação bem simples e de fácil entendimento: LAJIR (lucro antes de juros e impostos de renda) + Desvalorização – Impostos LAJIR. O resultado também atende pelo nome de lucro operacional e pode ser encontrado (sem que você precise calculá-lo) no relatório anual da companhia.

A título de exemplo, iremos criar números fictícios para uma organização, para que seja mais fácil de visualizarmos essa conta:

Uma empresa gerou um LAJIR de R$ 40.000,00, apresentou uma desvalorização de R$ 4.000,00 e recolheu impostos no valor de R$ 12.000,00. Então, na matemática teremos: 40.000 + 4.000 – 12.000 = 32.000, ou seja, o fluxo de caixa operacional dessa organização fictícia para o dado ano, foi de R$ 32.000.

Esse número é uma das diversas medidas financeiras para calcular os lucros de uma organização, mas é um dos mais sólidos e importantes, pois faz referência ao valor real das operações e é quase impossível de ser manipulado.

Como pudemos ver, o fluxo de caixa operacional pode ser utilizado para medir o possível sucesso de uma organização de maneira confiável. Afinal, uma empresa pode estar ganhando rios de dinheiro, mas ainda assim experimentando dificuldades para pagar suas contas se não tiver esse controle. Uma boa dica é utilizar sistemas de gestão financeira, que facilitam esta tarefa!

Se você quiser entender mais sobre a importância desta ferramenta, baixe grátis nosso e-book “Como fazer um fluxo de caixa perfeito”. Clique neste link e faça o download.

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um comentário em “O que é fluxo de caixa operacional e como calculá-lo

Deixe uma resposta