Como projetar o fluxo de caixa

O que é fluxo de caixa projetado? Descubra como fazer

Ao gestor financeiro cabem algumas das responsabilidades mais complexas em uma empresa. Cada decisão tomada deve ser baseada em números e estatísticas totalmente precisas. Caso contrário, pode haver sérias consequências financeiras negativas para o negócio. Uma das formas mais eficazes e seguras de se levantar dados precisos a respeito da situação financeira de uma empresa é pelo fluxo de caixa projetado. Confira agora o que é, qual a sua importância e como elaborar o fluxo de caixa projetado de sua empresa.

O que é fluxo de caixa projetado?

O fluxo de caixa projetado é um recurso por meio do qual o gestor financeiro é capaz de se antecipar situações de risco ou falhas que possam comprometer o orçamento da empresa, permitindo que, assim, ele tome as medidas necessárias para evitá-las antes mesmo que se concretizem.

Consiste na projeção, para um período futuro determinado, das entradas e saídas do caixa da empresa, contando com suas contas a pagar e receber das datas futuras dentro desse período.

Sem um fluxo de caixa projetado, a empresa torna-se vulnerável a problemas financeiros diversos, pois não consegue prever, por exemplo, quando haverá recursos para cobrir despesas como investimentos, imprevistos, ou até mesmo se será necessário recorrer a um financiamento.

Em resumo, o fluxo de caixa projetado é uma ferramenta que serve para que empresas possam ter um conhecimento mais profundo a respeito de sua receita, lucros e despesas.

Qual a importância do fluxo de caixa projetado na gestão dos negócios?

O objetivo do fluxo de caixa projetado para uma empresa é identificar, a curto prazo, possíveis sobras ou faltas de receita em um determinado espaço de tempo. Entretanto, quando nos referimos à projeção, o objetivo vai além. A longo prazo, ele serve para:

  • Fazer um planejamento das atividades financeiras da empresa;
  • Realizar uma análise de liquidez do negócio;
  • Desenvolver mais controle da situação financeira da empresa;
  • Fazer um gerenciamento mais preciso sobre o capital de giro.

Software de gestão empresarial

Como desenvolver um fluxo de caixa projetado?

Para se desenvolver um fluxo de caixa projetado que faça previsões precisas e coerentes, é preciso considerar os seguintes elementos:

  • Saldo inicial;
  • Despesas fixas e variáveis;
  • Entradas dividas em Previsão e Realizadas;
  • Intervalo de tempo entre os seus recebimentos;
  • Planejamento de contas.

Além disso, é preciso fazer um planejamento para o fluxo de caixa e um para a viabilidade econômica do negócio.

Fluxo de caixa

A primeira etapa para se realizar o planejamento do fluxo de caixa é obter todas as informações da contabilidade sobre pagamento e recebimento de contas de forma organizada por período, prioridade e valores.

Chamamos essa ação de Plano de Contas ou Planejamento de Contas. Sem dúvidas, essa é uma forma prática e segura de o administrador financeiro tomar decisões relevantes para o negócio, baseando-se em números e estatísticas reais.

Também é necessário incluir todas as entradas e saídas mensais, até mesmo as que pareçam irrelevantes. Assim, é possível obter um saldo inicial do mês e a longo prazo do ano. Separar as entradas e saídas em categorias permite que o gestor saiba em quais áreas é possível realizar cortes no orçamento para reduzir custos, sem comprometer a saúde financeira da empresa.

Viabilidade econômica

Como o próprio termo sugere, uma análise da viabilidade econômica da empresa permite determinar se existem possibilidades de crescimento futuro, pois todas as despesas serão analisadas de forma mais minuciosa, como por exemplo:

  • Número de funcionários;
  • Salários;
  • Horas trabalhadas;
  • Horas extras;
  • Comissões;
  • Décimo terceiro;
  • Férias;
  • Custos mensais — água, luz, internet, aluguel, custo de produção etc.

Como você pode ver, as informações sobre a viabilidade econômica da empresa podem ser obtidas pelo fluxo de caixa. Portanto, garantir que a sua empresa esteja sempre fora de situações de risco financeiro e que tenha um futuro promissor, garantindo sua saúde financeira, é uma tarefa que exige precisão nos detalhes a respeito de seus ganhos e despesas. Um sistema de gestão empresarial completo é mais do que necessário para se administrar as contas do negócio: é indispensável.

Como você tem feito o fluxo de caixa projetado de sua empresa? Compartilhe a sua experiência nos comentários!

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta