O que um profissional de finanças eficiente precisa saber

A produtividade é um tema frequentemente debatido tanto dentro das organizações quanto fora delas. A questão começou a ganhar destaque durante a implementação do taylorismo — ou administração científica — nas grandes fábricas do século passado e, atualmente, embora alguns conceitos da época tenham se mostrado bastante eficazes e efetivos para ampliar a produção, como a especialização e a departamentalização, o entendimento é de que não há uma forma generalista de se garantir a produtividade nas empresas.

Uma das funções empresariais que é bastante afetada por essa questão é o departamento financeiro. Embora ainda prevaleça a mentalidade de que a produtividade está intimamente relacionada ao campo operacional, é evidente que a ineficácia nos campos estratégico e tático tem um grande impacto em toda a empresa. Para executar o seu trabalho, portanto, o profissional de finanças precisa cultivar alguns hábitos e habilidades de modo que o reflexo do seu trabalho possa contribuir para agilizar os processos de toda a empresa.

Nesse post, elaboramos algumas das principais dicas para que um profissional de finanças consiga ampliar a sua produtividade! Confira!

Organize o seu tempo

O tempo é um fator decisivo para as organizações. No caso do financeiro, podemos dizer que a responsabilidade para administrá-lo corretamente é duplicada, já que a direção e os outros departamentos dependem muito das informações fornecidas pelo setor. Afinal de contas, esses dados são fundamentais para agilizar as tomadas de decisões. Por isso, prepare um cronograma semanal com as atividades que devem ser desempenhadas, dividindo-as de acordo com o grau de prioridade. Se livrar dessas pendências é uma forma de melhorar, inclusive, a qualidade de vida no escritório.

Aprenda a delegar tarefas

Delegar tarefas é outra questão já bastante fixada na teoria da administração. Ela permite que todos os processos sejam desenvolvidos mais dinamicamente, sem haver uma centralização excessiva que atrase todo o trabalho. É importante, no entanto, tomar bastante cuidado: as tarefas delegadas para o nível operacional devem ser aquelas que exigem uma menor carga de responsabilidade.

Em outras palavras, deixe para o operacional o levantamento de dados e o feedback do trabalho executado, para facilitar as análises no nível tático e estratégico.

Atualize seus conhecimentos

Uma das situações mais improdutivas para uma empresa é o retrabalho e, na maioria dos casos, isso ocorre quando novos funcionários são contratados para um determinado setor ou, ainda, quando os processos internos mudam, mas os profissionais não se capacitaram para atender às novas demandas.

Para acompanhar mudanças na legislação, processos e tecnologias, é essencial que os profissionais de finanças se mantenham constantemente atualizados para que consigam exercer plenamente as suas funções.

Utilize a automação como aliada

As gestões que se levam a sério estão automatizando os seus processos internos para garantir maior produtividade. Isso não é diferente no departamento financeiro. Todas as tarefas acima listadas podem ser otimizadas através da implementação de softwares de gestão, que possibilitam ao gerente de finanças, por exemplo, uma visão mais holística de toda a empresa. Além disso, não podemos negar que as tarefas burocráticas normalmente tomam muito mais tempo do que deveriam quando feitas manualmente, e em muitos casos são elas mesmas que atrasam a divulgação de informações. Por isso, conte com a automação para garantir maior produtividade.

Pronto para mudar seus hábitos e se tornar mais produtivo? Deixe-nos comentários! Acompanhe o nosso blog e fique por dentro de mais dicas!

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta