5 tipos de pessoas tóxicas que você precisa evitar na sua empresa

Em toda empresa, por melhor que ela seja, você vai encontrar as chamadas pessoas tóxicas. Tratam-se daqueles funcionários que, de caso pensado ou de forma voluntária, contribuem de alguma forma para deixar o ambiente mais pesado e para desmotivar alguns colegas. Essas más influências precisam ser identificadas para que você possa tomar alguma atitude.

Obviamente, isso não significa que assim que você identificar quem são elas seja preciso demiti-las, não é isso. A questão é entender quais tipos de problemas que elas podem causar e descobrir se há ou não uma maneira de reverter as coisas. Muitas vezes, a pessoa tóxica em questão tem algum comportamento prejudicial a todos e nem se toca disso.

Cabe os gestores e profissionais de RH, portanto, encontrar essas ervas daninhas em meio à companhia e tentar fazer com que elas tomem consciência do quanto os aspectos ruins daquele tipo de personalidade “contribuem” para tornar a empresa um lugar pior para se trabalhar e também que minam a cultura . Você consegue identificar pessoas assim no seu trabalho?

1. O arrogante

Não há nada mais desestimulante do que trabalhar com pessoas arrogantes. Você conta algo que fez e a pessoa desmerece ou diz que faria melhor. Você resolve um problema e a pessoa menospreza dizendo que já fez isso várias vezes. Em outras palavras, nada do que você faça parece ser suficiente para ser comparado ao que o profissional de perfil arrogante já fez “melhor”.

Note que arrogância não tem nada a ver com confiança. Uma pessoa mais experiente e confiante pode executar o seu trabalho com maestria, ainda que para alguns isso possa soar arrogante. Contudo, estamos falando aqui de pessoas que não conseguem abrir a boca se não for para dizer que fizeram melhor, que são melhores ou que conseguiram melhores resultados. Esse é o pior tipo de líder que uma empresa pode ter, pois as pessoas vão segui-lo apenas por obrigação – e vão fazer questão de estar longe desse tipo de gente sempre que possível.

2. O negativo

Quando você vê um copo com água até a metade você diz que ele está meio cheio ou meio vazio? As pessoas que tendem a ver o copo como “meio vazio” são as chamadas pessimistas ou negativas. Elas tendem a colocar uma lente de aumento sobre as coisas, vendo apenas os pontos negativos de uma questão. Qualquer nova proposta é seguida de um “ah, mas não vai dar certo”.

Há que se diferenciar muito bem o que é pessimista do que é realista. Toda proposta tem os seus pontos negativos e positivos – e eles podem e devem ser abordados por todos. Porém, os pessimistas tendem a ver apenas os pontos negativos, não apenas em uma proposta, mas em todas. Eles também são os primeiros a dizer “eu avisei” quando alguma coisa acontece de errado.

3. O mau-caráter

Algumas pessoas não têm mesmo uma boa índole. E quando isso se manifesta no ambiente de trabalho, o resultado é desconfiança e medo por parte dos colegas. Certas pessoas visam apenas derrubar outras, visando conseguir o seu cargo. Elas se mostram vingativas e agem para tirar do caminho aquelas pessoas que têm comportamentos ou atitudes das quais elas não gostam.

Seja minando o caminho repassando fofocas, levantando falsas suspeitas ou ainda se fechando em panelinhas para derrubar outras pessoas, os colaboradores de mau caráter são os dos tipos mais nocivos que você pode encontrar pelo caminho. Seja para derrubar você ou comprometer peças-chave da empresa, eles vão fazer tudo que estiver ao alcance para conseguir o que desejam.

4. O fofoqueiro

Conversar entre equipes, naquela pausa para o café, é uma forma agradável de relaxar no trabalho. Porém, algumas pessoas aproveitam esse momento para coletar informações e espalhá-las pela empresa. O que fulano está fazendo em um setor não interessa, necessariamente, para alguém de outro setor, mas as informações viajam em alta velocidade no boca a boca dos fofoqueiros.

O pior de tudo é que muitas vezes eles levam adiante informações que são confidenciais. Quando elas são mal interpretadas por pessoas que estão alheias ao que está acontecendo – o que é perfeitamente normal –, elas podem gerar comentários negativos nos corredores e que não correspondem à realidade. Portanto, evite se abrir com pessoas assim caso você as identifique.

5. O invejoso

Por fim, fechamos a nossa lista com outro tipo bastante comum encontrado em muitas empresas: o invejoso. Esse é aquele cidadão que não pode ver ninguém feliz ou se dando bem que tenta “colar” por perto para ver se consegue algum benefício. É o chamado “amigo de ocasião”, aquele que está por perto apenas para ver se consegue um brinde ou uma parte do mérito do sucesso dos outros.

Os invejosos são incapazes de ver outras pessoas felizes e ficarem felizes da mesma forma. Eles pensam única e exclusivamente que deveriam estar no lugar delas e que aquele punhado de “felicidade” lhes pertence. Elas são capazes até mesmo de boicotar projetos da empresa apenas para que outras pessoas não se deem bem. De pessoas tóxicas como essas, mantenha distância.

LEIA MAIS:

Software de gest„o empresarial

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe um comentário