Planilha de gastos ajuda a formar capital de giro

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

planilha de gastosUm dos maiores riscos para empresas é manter um capital de giro muito baixo. Isso significa que, diante de um grande gasto não previsto, a companhia não terá dinheiro para pagar contas e terá que recorrer a um empréstimo. Em casos mais graves, a empresa poderá ficar sem capital para honrar seus compromissos durante alguns meses e entrará em uma ciranda financeira que levará à falência.

O capital de giro é a reserva de dinheiro que sua empresa deve manter em conta para pagar as despesas programadas para o futuro. Para calcular o valor do capital de giro, uma planilha de gastos pode ajudar. Com ela, o empresário irá visualizar com facilidade quais são suas despesas correntes e a média mensal de gastos extras. A partir daí, poderá calcular o valor do seu capital de giro.

Para ajudar empresas a calcular as despesas, manter as contas e pagamentos sob controle e o capital de giro em nível saudável, a Cenize criou o jFinanças Empresas.

Especialistas indicam que o capital de giro deve ser, no mínimo, o valor equivalente aos gastos do mês seguinte. Empresários um pouco mais conservadores podem optar por manter o capital de giro equivalente a dois ou três meses de despesas.

Profissionais da área de finanças indicam que, ao abrir uma empresa, o empreendedor deve ter capital de giro no valor equivalente às despesas dos primeiros seis meses da companhia. No plano de negócios, esse valor pode ser computado como investimento inicial.

Ter um capital de giro inicial equivalente a seis meses do seu gasto pode parecer muito conservador. No entanto, no início do negócio podem surgir gastos que não estavam previstos e se tornarão permanentes. Esse é um período em que o planejamento feito no papel será testado na prática. Mais uma vez, utilizar a planilha de gastos poderá ajudar o empresário a entender o perfil das suas despesas.

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn