Por que fazer seu planejamento financeiro pessoal hoje mesmo

Chega uma hora em que nós resolvemos colocar nossas finanças em dia. O primeiro pensamento é “como eu farei para gastar menos?”. É um bom começo, mas um planejamento financeiro, seja pessoal ou para sua empresa, vai muito além disso. Analisar como conseguir gerenciar o seu dinheiro da melhor maneira possível é fundamental para que você crie uma situação financeira mais confortável e a melhor forma de fazer isso é planejando. Por quê? Nós responderemos neste post.

1. Contas em dia, cabeça tranquila

Para algumas pessoas “o mês dura mais que o meu salário” e em algumas empresas as despesas nunca batem com os lucros. Preocupação com dinheiro é uma coisa comum — e afeta tudo, desde as relações com as pessoas até a própria saúde. Logo, mantendo um fluxo de caixa bem organizado e planejado, esse tipo de dor de cabeça passa longe do seu dia a dia e deixa espaço para coisas bem mais agradáveis.

2. Diga adeus ao desperdício

Se as contas estão misturadas e no dia dos vencimentos você já não sabe mais o que está pagando ou deixando de pagar, é grande a chance de estar havendo desperdício de dinheiro. Às vezes existem contas sendo pagas por coisas que você não usa mais ou juros sendo cobrados por falta de organização na hora realizar os pagamentos. Isso não acontecerá se todas as suas pendências estiverem devidamente listadas e registradas, de forma que nada passe despercebido.

3. Realize seus planos

Você sempre quis investir em um curso no exterior, mas sempre pensou que seria impossível dentro da sua realidade financeira? Talvez não. Pode ser que realizar esse sonho seja só uma questão de planejamento e disciplina. Se você tem controle das suas finanças, saberá onde cortar e onde incrementar, saberá quanto poderá guardar e quanto precisará gastar. Então será a hora de colocar no papel os custos dos seus sonhos e trabalhar duro para alcançá-los — só é preciso dar o primeiro passo e parar de apenas imaginar. Trace um plano realista e invista nele!

4. Organize os gastos e potencialize os lucros!

Como dissemos no começo, não é uma questão apenas de “gastar menos”. É uma possibilidade de fazer o seu dinheiro render mais — não apenas em quantidade, mas em qualidade. É a lógica: se você gasta menos, o dinheiro que antes era usado indevidamente, terá novas possibilidades de aplicação. Faça esse dinheiro trabalhar para você, pelos seus sonhos e pelo seu futuro. Ao economizá-lo, fica mais fácil multiplicá-lo! Mas claro, tudo de forma planejada para não voltamos ao problema inicial de descontrole.

5. Coloque um fim nas turbulências

Então você resolveu fazer um planejamento financeiro. Chegou o fim do mês e você continua com todos os cabelos na cabeça e sem nenhum fio branco. Você se pergunta se sente falta da ansiedade, do nervosismo e do stress gerado por cada imprevisto que surgia decorrente da falta de controle — mas você já sabe a resposta para isso. Logo, você chegará ao fim de um período de turbulências e incertezas.

Um bom planejamento vai lhe oferecer um sono mais tranquilo e a possibilidade de aproveitar tudo que você conquistou sem se preocupar com o dia de amanhã — pois esse dia já está devidamente planejado. Então não perca mais tempo e, com o que você aprendeu nesse post, comece agora mesmo a esboçar um plano para cuidar bem das finanças. Se precisar de ajuda, experimente grátis o jFinanças.

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe um comentário