Quatro dicas básicas para quem quer abrir seu próprio negócio

Abrir o próprio negócio é o sonho de muitas pessoas, mas o índice de novos empreendimentos que fecham as portas em seu primeiro ano de vida é ainda muito alto no Brasil. Para tentar evitar que o que deveria ser a porta para a independência financeira se transforme em um grande problema, alguns passos podem ser tomados:

Conheça o seu mercado: não basta vontade de morar na praia para abrir uma pousada no litoral. É preciso conhecer a fundo o setor em que você pretende atuar. Lembre-se que a nova empresa irá competir com outras que já estão há anos no mercado.

Faça um planejamento financeiro: qual o tamanho do investimento necessário para abrir a empresa? Quanto tempo levará para que ela comece a dar lucro? O fluxo de caixa gerado pela empresa será suficiente para cobrir as despesas operacionais desde o começo, ou o gestor terá que tirar do próprio bolso os recursos para pagar funcionários e fornecedores nos primeiros meses?

Cuide das suas finanças pessoais: não basta fazer o planejamento financeiro da empresa e deixar de lado as suas próprias contas. Certifique-se de que você terá uma reserva para se manter enquanto a empresa não começa a dar lucro. Mas, acima de tudo, mantenha uma rígida separação entre a conta da empresa e a sua própria conta.

Trabalhe com as pessoas certas: ter como sócio ou empregado um amigo próximo ou mesmo um parente pode funcionar, mas é preciso que essa decisão seja tomada com muito cuidado. Não necessariamente a pessoa com quem você tem um bom relacionamento pessoal vai ser um bom colega de trabalho. Busque pessoas que tenham qualidades que você não tem, para que, em conjunto, vocês possam se completar e agregar mais valor à empresa.

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn