Quer sair do cheque especial? Organize-se!

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Levantamento recente indica que os brasileiros devem R$ 22 bilhões no cheque especial e que o salário de pessoas que usam esse tipo de crédito dura, em média, oito dias na conta e em seguida, começa a se usar o limite.

Pesquisa similar mostra que na Caixa Econômica Federal, as pessoas que mais usam o cheque especial enquadram-se no seguinte perfil: solteiros, entre 25 a 35 anos, sem filhos, com ensino médio completo e renda mensal entre R$ 700 e R$ 2 mil. Então, se você ganha R$1.500,00 por mês e gasta 3/4 da sua renda com despesas fixas, como carro, celular e plano de saúde, é importante ter cautela com os demais gastos.

Para não cair na armadilha do cheque especial, ou melhor, para fugir dela, a receita é fácil: GASTE MENOS.

No entanto, gastar menos não é sempre tão fácil, ainda mais quando você não sabe precisamente onde cortar gastos, portanto, organize-se. Uma ferramenta muito útil que facilita a vida é o controlador financeiro pessoal. Mas como?

O controlador financeiro exige um único esforço da parte do usuário: registrar tudo!

Se você lançar todas as suas despesas e receitas e agendar seus futuros gastos e ganhos, o controlador financeiro lhe dará uma previsão de fluxo de caixa. Se a curva estiver negativa, é porque você precisa cortar despesas fixas (conta de celular, diminuir o gasto com eletricidade, etc) e se a previsão for positiva e mesmo assim você não sai do cheque especial deve tomar cuidado com os gastos do dia a dia.

As despesas cotidianas como combustível e alimentação são difíceis de prever, portanto, o controlador financeiro lhe apresentará gráficos e resumos financeiros para você encontrar onde está exagerando e o que pode ser reduzido. Por causa disso é importante o registro completo e fiel das despesas e receitas, só assim você saberá com precisão onde é possível economizar.

É importante negociar a dívida de cheque especial com o banco caso ela tenha virado uma bola de neve, mas com organização e análise cuidadosa dos dados fornecidos pelo controlador financeiro, você conseguirá fugir da armadilha do cheque especial e dificilmente entrará nela outra vez.

Não existe segredo, é ganhar mais do que gastar, sempre que possível poupar e simplesmente se organizar. Para as pessoas que tem dificuldade para se organizar financeiramente ou exigem resumos e relatórios financeiros mais precisos, a solução é um controlador financeiro.

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um comentário em “Quer sair do cheque especial? Organize-se!

Deixe um comentário