Testes A/B: chave para crescer com sabedoria

Descobrir as preferências do consumidor, estabelecer processos internos eficientes, aprimorar o desempenho de diferentes setores de uma empresa: buscar uma solução para todos esses problemas certamente envolve um trabalho árduo e, acima de tudo, muito conhecimento. Buscar cases de sucesso no mercado e avaliar pesquisas e projetos acadêmicos, são apenas algumas das muitas medidas que devem ser adotadas para conseguir o sucesso no mundo dos negócios.

A grande questão é que, embora seja importante aplicarmos as melhores práticas do mercado para desenvolver qualquer tipo de ação ou atividade na empresa, os resultados só podem ser conferidos na prática, já que cada organização possui suas peculiaridades. Nem sempre o que funciona para um determinado nicho, pode ser aplicado por qualquer outro setor. Desta forma, para atingir a excelência, o empreendedor deve realizar testes A/B, mas o que isso seria exatamente, e qual a sua importância?

Laboratório empresarial: otimizando resultados

De uma forma simplificada, os testes A/B são utilizados para avaliar, de maneira minuciosa, quais são os diferentes resultados obtidos entre duas hipóteses distintas, em que apenas pequenas variáveis são modificadas. Normalmente são mais realizados em campanhas de marketing e na elaboração do design de peças de e-mail marketing e landing pages de empresas da área de e-commerce, embora também possam ser aplicados para aprimorar processos internos de uma companhia.

Quer um exemplo? Uma empresa quer testar qual é o design ideal para utilizar em sua página de vendas, e apresenta duas hipóteses: a primeira, de que o botão para finalizar a compra deve ser azul; já a segunda, a aposta é que ele deve ser vermelho. Como sanar essa dúvida? A empresa irá utilizar temporariamente as duas opções, preferencialmente no mesmo intervalo de tempo e na mesma época do ano, para verificar qual das duas impulsionou mais vendas, para que possa adotá-la permanentemente depois.

Múltiplas combinações: chegando ao cenário ideal

Para obter os melhores resultados, os testes A/B devem funcionar como uma matriz. Cada alteração levará para mais outras duas, e daí por diante, até que todo o processo possa ser estruturado com base na melhor combinação possível entre os fatores. É fundamental ressaltar que, para extrair os melhores resultados, apenas pequenas modificações entre os dois experimentos devem ser realizadas.

De nada adianta, por exemplo, comparar dois cenários extremamente distintos, já que o empreendedor não poderá avaliar quais foram as pequenas nuances que trouxeram os melhores resultados para a sua empresa — nem quais são as pequenas falhas em cada um dos modelos.

Mensuração de resultados: uma medida indispensável

Por fim, todo o processo de testes poderá ir por água abaixo se o empresário não contar com métricas e indicadores estipulados previamente para avaliar todos os resultados. Uma campanha de e-mail marketing que só avalie as taxas de aberturas de e-mail, por exemplo, não saberá se as vendas foram maiores por conta das alterações nos seus projetos gráficos. Da mesma forma, um processo interno não poderá ser corretamente aprimorado se não for quantificada a produtividade de um determinado período. Por isso, tenha sempre em mente de que os testes A/B devem ser planejados e ter como base todas as métricas disponíveis para uma determinada atividade.

Pronto para começar a testar? Essa pode ser a solução para tirar o melhor da sua empresa!

E para garantir que sua empresa cresça do “jeito certo”, faça o download do nosso e-book gratuito SEGREDOS PARA SUA EMPRESA CRESCER DE FORMA SAUDÁVEL.

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

3 comentários em “Testes A/B: chave para crescer com sabedoria

Deixe um comentário