Use a planilha de controle financeiro para definir o valor a investir na previdência privada

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

planilha de controle financeiroInvestir em um plano de previdência é a melhor forma de cuidar da sua segurança financeira no futuro e ter uma aposentadoria tranquila. Quanto mais cedo começar esse investimento, menor poderá será o valor aplicado.

Antes de definir o valor a ser investido todo mês no plano de aposentadoria complementar, informe-se sobre as várias opções de investimento, rendimento e entenda qual é o mais adequado para o seu perfil. Em seguida, defina quanto do seu orçamento mensal vai separar para investir.

Os planos de previdência privada disponíveis são o PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e o VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre).  Ambos podem ser contratados por um prazo definido, no qual o dinheiro depositado é investido por uma seguradora.

O PGBL é indicado para pessoas que utilizam a declaração completa de Imposto de Renda, contribuem para a Previdência Social. Quem optar por esse plano, pode abater o valor investido do imposto renda que tem a pagar no ano, no limite de até 12% de sua renda bruta anual. Já o VGBL é mais adequado aos que usam a declaração simplificada ou que são isentos do IR.

A diferença entre os planos está também na tributação no momento do resgate do dinheiro. No caso do PGLB, todo o valor resgatado está sujeito à incidência de IR, enquanto para o VGLB, apenas o valor referente ao rendimento do investimento é tributado.

Outra opção é investir em títulos públicos. Isso pode ser feito através do Tesouro Direto no qual você é responsável pelo gerenciamento de seus investimentos e recebe os rendimentos até uma data predeterminada, mas pode se desfazer dos títulos antes desse prazo nos leilões semanais do Tesouro Nacional.

Independente do plano ou do investimento escolhido, o importante é que o dinheiro aplicado esteja protegido da inflação e tenha algum rendimento. Para garantir sua segurança financeira na terceira idade, comece o mais cedo possível a investir, e mantenha constantes as aplicações, com um valor que não pese no seu orçamento familiar.

Uma planilha de controle financeiro ajuda você a definir quanto poderá aplicar por mês na previdência complementar. Por ser um investimento de longo prazo, feito por até 30 anos se você começar cedo, o valor investido não precisa ser muito alto. Lembre-se, porém, que quanto mais investir, maior será sua aposentadoria.

A Cenize tem algumas ferramentas gratuitas disponíveis para download que tornam essa empreitada mais fácil. O jFinanças Pessoal é como uma planilha pronta, na qual você só precisa inserir sua receita e seus gastos para manter controle de suas finanças e se organizar para melhor aplicar seu dinheiro.

Compartilhe:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn